Publicado às 13h30 deste sábado (18)

Morreu na manhã deste sábado (18) o serra-talhadense Marcos Epaminondas (Marquinhos), 48 anos, vítima de um infarto fulminante em sua residência, na Praça do Rodeio, bairro São Cristóvão. Marquinhos era muito popular e assessorava o ex-prefeito Luciano Duque, que lamentou muito a perda do amigo, com quem convivia todos os dias. “Era um amigo muito querido, sempre presente, ontem mesmo conversamos pelo WhatSapp. Notícia muito triste”, lamentou Duque.

Quem também lamentou a morte de Marquinhos Epaminondas foi o secretário de Obras de Serra Talhada, Cristiano Menezes, que postou nas redes sociais mensagem de pesar à família. Epaminondas já tinha problemas cardíacos, e deixa dois filhos. Seu corpo será velado na Casa de Homenagens Póstumas Bezerra de Melo, e o sepultamento será no final da tarde de hoje. O Farol lamenta a morte repentina e presta solidariedade aos familiares.

Em conversa com o Farol, a sobrinha de Marquinhos, Natália Epaminondas lamentou muito a perda e fez um alerta: “Gostaria de dizer as pessoas que se cuidem, que vão ao médico, pessoas cardíacas principalmente, como foi o caso do meu tio, um infarte muito novo, muito jovem, o caçula da família, vão a médico e procurem se cuidar, pois mortes repentinas assim faz doer muito, por tudo que você plantaram, então procurem ajuda médica. As pessoas, se cuidem, procurem tratamento médico. Em nome do meu tio, eu gostaria que todas as pessoas que tiverem algum problema parecido, que busquem o médico para ter uma sobrevida maior para poder ficar mais tempo com as pessoas que elas amam”, orientou Natália.

Veja também:   Imperatriz Leopoldinense terá Lampião em 2023