Do G1 Mundo

Um ataque a tiros deixou pelo menos 24 pessoas mortas e cerca de 60 feridas no sudoeste de Camarões, informou nesta terça-feira (31) a agência de notícias AFP, que ouviu o prefeito da cidade onde ocorreram os fatos.

Separatistas “atacaram com armas de fogo no domingo a cidade de Obonyi II”, 560 km ao noroeste de Yaundé, perto da fronteira com a Nigéria, disse Ekwalle Martin, prefeito da cidade. “O saldo é de 24 mortos e ao menos 62 feridos”, afirmou.

“Os separatistas queriam que os residentes lhes pagassem dinheiro todo mês, se negaram e por isso atacaram”, disse Martin.
O ataque foi confirmado por um membro do governo local, que pediu anonimato e falou de ao menos 15 civis mortos.

O noroeste e o sudoeste de Camarões são predominantemente anglófonos e a população se sente marginalizada pela maioria francófona do país, que foi governado com mão de ferro por quase 40 anos pelo presidente Paul Biya, de 89 anos.

Desde 2017, grupos separatistas da região e o exército lutam em um conflito em que os civis são muitas vezes as vítimas.

Veja também:   Mulheres esquentam segunda noite do São João de ST