Da ISTOÉ

Viatura da polícia após incidente com tiros em unidade da FedEx em Indianapolis
16/04/2021 Kevin Powell/Indy First Alert/via REUTERS

Um atirador matou oito pessoas a tiros e feriu várias outras em uma instalação da FedEx da cidade norte-americana de Indianápolis e depois se suicidou, informou a polícia na manhã desta sexta-feira.

O incidente ocorreu em um centro de operações da FedEx perto do Aeroporto Internacional de Indianápolis após as 23h da noite de quinta-feira.

Um funcionário disse à rede de televisão local WRTV que estava comendo quando ouviu o que pareceram “dois estalos metálicos altos” seguidos por mais disparos.

“Alguém foi até o porta-malas na traseira do carro e pegou outra arma”, disse ele, acrescentando: “Aí vi um corpo no chão.”

A porta-voz da polícia de Indianápolis, Genae Cook, disse a repórteres locais que as autoridades “chegaram a um incidente em curso com um atirador”.

“As informações preliminares são de que o suposto atirador tirou a própria vida aqui no local”, disse.

Cinco pessoas foram levadas a hospitais com ferimentos de tiros, e “diversas” outras foram a pé a hospitais próximos. Duas outras foram tratadas por médicos na própria instalação e liberadas, de acordo com a polícia.

Uma das pessoas hospitalizadas se encontrava em estado grave, disse Cook.

Ao menos 30 pessoas foram mortas em massacres a tiros nos Estados Unidos no último mês. O presidente, Joe Biden, anunciou medidas limitadas para enfrentar a violência armada, mas ações mais ambiciosas podem ser difíceis de aprovar, apesar do apoio amplo.

(Por Shubham Kalia, Nandakumar D, Akriti Sharma e Akshay Lodaya em Bengaluru, Susan Heavey em Washington e Njuwa Maina)