Da Folha de PE

Os terremotos que sacudiram a ilha de Lombok, na Indonésia, nas últimas semanas deixaram 555 mortos e quase 1.500 feridos, de acordo com um balanço atualizado divulgado pelas autoridades locais.

A ilha turística localizada no sul do país, próxima a Bali, sofreu dois terremotos nos dias 29 de julho e 5 de agosto, seguidos de tremores secundários e de um novo terremoto de 6,9 graus em 19 de agosto.

No total, 555 pessoas morreram, a maioria na zona norte da ilha de Lombok, que fica perto do epicentro da maioria dos terremotos, informou a Agência Nacional de Gestão de Catástrofes. A ilha de Sumbawa também foi muito afetada pelos tremores.

Dezenas de milhares de casas foram destruídas e 390 mil pessoas permanecem em abrigos temporários. Organizações humanitárias alertaram que os desabrigados sofrem com a falta de alimentos e de água potável. O custo de reconstrução pode chegar a 480 milhões de dólares, segundo as autoridades indonésias.

A Indonésia, um arquipélago de 17 mil ilhas e ilhotas, está localizada no que é conhecido como o “cinturão de fogo” do Pacífico, uma área de forte atividade sísmica.