Foto Ilustrativa

Publicado às 05h13 desta quinta-feira (15)

Após uma bebê nascer prematura no Hospam, com 26 semanas e 1.090kg e ser transferida para Recife às pressas numa UTI aérea, na última quinta-feira (8), (relembre aqui) a reportagem do Farol conseguiu entrar em contato com a mãe, Rejane de Souza, 18 anos, moradora da Avenida Triunfo, em Serra Talhada, e apurou que a criança está se recuperando bem, já saiu na UTI neonatal e iniciou o processo de aleitamento materno via sonda para ganhar peso mais rápido.

Rejane de Souza é mãe de 3 meninas, uma de 3 anos, outra de 9 meses e agora da princesa Maria Elza. A mãe ainda se encontra instalada na Casas das Mães que fica próximo ao Instituto Materno Infantil de Pernambuco (IMIP), onde a princesa guerreira está internada, porém ela pode ver a filhinha a qualquer momento. ”Toda hora que eu quiser ir lá eu vou, e vou frequentemente porque estou tirando leite materno para ela ganhar peso mais rápido. Ela começou tomar na sonda segunda-feira”, disse a Rejane.

Segundo a mãe, Maria Elza saiu da UTI neonatal segunda-feira(12) e agora está na incubadora para ganho de peso. Ainda sem previsão de alta, porém ela está bem, está em processo de ganho de peso para poder ser transferida para outro setor do IMIP.

”Ela estava no 3º andar para fazer o teste da covid, mas deu negativo e agora está no 6º andar. Quando ela pegar mais peso vai ser transferida para o setor Mãe Canguru no mesmo hospital, ela está com 1.095kg. Quando ela aumentar mais um quilo vai para esse outro setor. Mas, graças a Deus ela está bem, nasceu prematura, cansada, mas está bem”, informou a mãe.

Ainda em conversa com o Farol, Rejane relembrou o dia do parto e afirmou que estava bem, de repente começou sentir dores com pequenos intervalos, mas como não estava na época de entrar em trabalho de parto não deu tanta importância, por isso demorou ir ao hospital. Quando as dores começaram a aumentar, ela chamou um mototáxi e foi ao Hospam, chegou na unidade já com 9cm de dilatação, com a criança prestes a nascer.