PISCINA COM ÁGUA DE CHUVA E COM PRESENÇA DE LARVAS

Um grande foco da Dengue foi encontrado na Rua Rufino Pires da Silva, numa casa mantida pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) construída para acolher magistrados que atuam no município de São José do Belmonte, a cerca de 60 quilômetros de Serra Talhada. O trabalho de contenção ao mosquito partiu da Secretaria Municipal de Saúde e contou com o aterramento do reservatório, autorizado pelo próprio TJPE após constatação do foco. A atividade ocorreu entre os dias 13 a 16 de abril. A equipe da prefeitura foi acionada pela população que mora no entorno da residência. Muitas pessoas estavam sendo acometidas pela dengue provindas do prédio.

Diante da situação preocupante, o diretor de Vigilância em Saúde, Antônio Edson Vieira; o coordenador da Vigilância Ambiental, Juciêr José Loriano da Silva e o supervisor da Vigilância Ambiental, José Diego Silva do Nascimento, com o intuito de sanarem o problema enviaram um ofício para a juíza, Verônica Gómez Lourenço, em exercício na comarca do local informando sobre a situação. O ofício chegou ao TJPE, de onde partiu a autorização para o aterramento, que contou com o reforço da secretaria municipal de Transportes.

“Nossos sinceros agradecimento em nome da Prefeitura Municipal de São José do Belmonte aos órgãos e profissionais parceiros envolvidos nessa ação, que através de ações dessa magnitude demonstram o quanto amam a profissão e principalmente o compromisso de todos de trabalhar em prol do próximo. A ação realizada pela prefeitura através da secretaria de Saúde em parceria com o Tribunal de Justiça e com a Empresa Sedenge local, ação de grande relevância para toda população de Belmonte”, destacou Juciêr da Silva.


PISCINA COM ÁGUA DE CHUVA E COM BASTANTE MATO AO REDOR

Veja também:   Senac lança 801 vagas para cursos gratuitos; ST está na lista