Bia Haddad vence eslovaca e Brasil tem dia perfeito em Indian Wells
Beatriz Haddad Maia em ação (Foto: Dubay Duty Free Open)

Por Globo Esportes

O Brasil teve um dia de vitórias no WTA 1000 de Indian Wells. Na madrugada deste sábado, Bia Haddad avançou para a terceira rodada da competição ao derrotar a eslovaca Rebecca Sramková por 2 a 0, com parciais de 7/5 e 6/2.

Com o resultado, a número 13 no ranking mundial entrou direto na segunda fase do torneio. Luisa Stefani, que jogou ao lado da holandesa Demi Schuurs nas duplas, também levou a melhor.

Elas enfrentaram a croata Donna Vekic e a romena Sorana Cirstea, e também venceram por 2 sets a 0 (parciais de 6/2 e 6/4). Além de Bia e Stefani, Thiago Wild anotou a quarta vitória seguida.

Bia Haddad Maia começou bem logo no início da partida. Ela quebrou Sramková na primeira oportunidade que teve e aproveitou os erros da adversária, abrindo 3 a 0 no primeiro set. Em seguida, a eslovaca dificultou para Bia.

Confronto

As duas se enfrentaram durante um logo game e Rebecca devolveu as quebras, empatando a parcial. Na reta final do set, a brasileira manteve a concentração e completou um bom game de devolução, fechando com um belo voleio.

Veja também:   Inscrições para o Enem PPL terminam nesta sexta-feira (27)

As coisas não foram tão fáceis para Bia no segundo set, que começou mais disputado. Sramková conseguiu um break point e abriu 2 a 1 na parcial. Porém, logo depois, Bia Haddad devolveu a quebra, empatando o set. Depois disso, a brasileira dominou o jogo e ganhou mais quatro games para encerrar a partida.

O próximo desafio de Bia no simples é contra a russa Anastasya Pavlyuchenkova, em busca de uma vaga nas oitavas de final. Anastasya avançou na chave do torneio ao derrotar a espanhola Nuria Parrizas Dias por 2 sets a 0 (6/3 e 6/1). Antes disso, Bia estreia na chave de duplas em Indian Wells, onde voltará a jogar com a americana Taylor Townsend neste sábado, às 19h45 (Horário de Brasília).

Luisa também vence em Indian Wells

Luisa Stefani estreou com vitória em Indian Wells. Ao lado da holandesa Demi Schuurs na cabeça da chave 6 de duplas, elas venceram a croata Donna Vekic e a romena Sorana Cirstea por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4. Stefani (13ª colocada em duplas) e Schuurs (15ª posição) conquistaram o primeiro WTA 1000 do ano em Doha, mas vinham de uma eliminação na estreia em Dubai.

Veja também:   Em ST, torcida sofre, mas comemora vitória do Brasil

A partida havia sido suspensa na quinta-feira por conta da chuva, sendo retomada a partir do primeiro game no fim da rodada dessa sexta-feira. O primeiro set foi dominado por Stefani e Schuurs, que conseguiram duas quebras e perderam apenas três pontos nos games de serviço. A segunda parcial teve games longos e foi mais disputada.

A dupla da brasileira conseguiu uma quebra, fazendo 3 a 2, mas elas cederam a virada para 4 a 3. No oitavo game, elas recuperaram a vantagem nos break points, vencendo os últimos três games da partida.

Agora, Stefani e Schuurs devem jogar contra as russas Anna Kalinskaya e Veronika Kudermetova ou norueguesa Ulrikke Eikeri e a chinesa Hanyu Guo, que ainda se enfrentarão.

Thiago Wild leva a quarta seguida

O início da partida foi muito bom para Thiago Wild, que aproveitou o baixo aproveitamento do russo com o saque. Khachanov deixou passar duas quebras seguidas, quando o brasileiro abriu 5 a 0 no primeiro set.

Khachanov sacou melhor no segundo set e deixou a partida mais disputada. Thiago Wild salvou um break point logo no início da parcial e conseguiu uma quebra em seguida, mas não concretizou. Os jogadores foram empatando até o 5 a 5, mas foi quando Khachanov perdeu por 40 pontos a 0, depois de uma dupla falta. Aproveitando seu saque, Wild finalizou a partida com sets diretos.

Na próxima fase, Wild enfrenta o húngaro Fabian Marozsan, que superou o chileno Nicolas Jarry por 3/6, 7/5 e 6/4. Se passar por Marozsan, o brasileiro pode jogar contra Carlos Alcaraz ou Felix Auger-Aliassime.