Botijão de gás vira alvo de criminosos em STPublicado às 12h05 deste domingo (12)

Imagem ilustrativa

A inflação gerada pelo governo Jair Bolsonaro tornou o botijão de gás um utensílio quase de luxo, e alvo dos criminosos no Sertão do Pajeú. No início do mês, no dia 4 de dezembro, um ladrão foi preso em Serra Talhada após ser flagrado carregando um botijão nas costas, no bairro São Cristóvão. Ele entrou pelo telhado de uma residência de uma idosa de 80 anos, fez o furto e vendeu por apenas R$ 50 (leia tudo aqui).

Veja também:   Vereador evangélico se arrepende com Bolsonaro

Nesse sábado (11), no município de Flores, outro indivíduo foi pego após a mesma prática. Um homem procurou a Delegacia de Polícia informando que o botijão de gás da sua chácara tinha sido furtado, além de outros bens. A PM localizou e conduziu o suspeito para a DP que revelou ter vendido o botijão por R$ 130. Ele acabou revelando a receptadora, que confessou ter comprado sem saber que tinha sido furtado.