Após ver o pedido de registro da sua Rede Sustentabilidade ser rejeitado na noite de ontem (3) pelo Tribunal Superior Eleitoral, a ex-senadora Marina Silva promete anunciar ainda nesta sexta-feira, após reunião com aliados, a decisão sobre seu futuro político.

Sem a Rede, a ex-senadora precisa se filiar a outra legenda entre hoje e amanhã se quiser concorrer ao Planalto. Embora tenha recebido convites de outros sete partidos nos últimos dias, Marina tem sido aconselhada por familiares e pelos principais articuladores da Rede a ficar fora da disputa presidencial.

O argumento é que a filiação a outra sigla seria uma contradição com seu discurso de que a Rede é um projeto “de país”, não um mero empreendimento eleitoral.

Durante a reunião hoje com organizadores da Rede, também será discutida a possibilidade de recurso ao Supremo Tribunal Federal, embora a opção seja remota, segundo aliados e advogados.

 

 

( Da Folha de São Paulo )

Veja também:   Márcia abre o São João ao lado de Danilo Cabral