Do Diario de Pernambuco
Foto: Reprodução/ Internet

Uma confusão entre funcionários e clientes de uma unidade do Burguer King, localizada na zona leste de São Paulo, na madrugada do último sábado (20/02) terminou com duas funcionárias feridas, além de danos à loja.

Um vídeo feito por clientes mostra o início da discussão. Em seguida, algumas pessoas derrubaram os equipamentos do balcão e agrediram os funcionários, causando uma briga generalizada. O registro se espalhou pelas redes sociais.
Segundo informações do portal G1, duas funcionárias, de 18 e 21 anos, contaram que foram agredidas por clientes e que um deles tinha 17 anos. Depois da briga, elas foram levadas para atendimento médico.
O estudante de 17 anos acusado de ter agredido as funcionárias disse aos agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM) que estava na lanchonete com a namorada e o irmão e decidiu reclamar da demora de seu pedido. Foi quando, segundo ele, uma das funcionárias fez um gesto com o dedo e deu início a briga entre eles.
A Polícia Civil investiga o caso. Já a rede Burger King informou que registrou um boletim de ocorrência e está colaborando com as investigações. Em nota, a lanchonete disse ainda repudia a violência, a depredação e a falta de respeito.
“O Burger King esclarece que está colaborando com as investigações para garantir que as medidas cabíveis sejam tomadas. A companhia já abriu boletim de ocorrência e busca a responsabilização dos envolvidos. Repudiamos a violência, a depredação e a ausência do respeito – esse que é o princípio de todas as relações humanas.”