NOVOS VALORES e pagamento ANTECIPADO para o Bolsa Família de abril estão confirmados. Imagem: Jeane de Oliveira/FDR’-

Por Jornal do Commercio

Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda do Brasil. A cada mês, milhões de famílias têm acesso à parcela mínima de R$ 600.

Além de garantir uma renda básica, o Bolsa Família 2024 também incentiva ações na educação e na saúde.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

No entanto, os beneficiários que não cumprirem com as regras atualizadas poderão perder o pagamento do benefício.

No mês de abril, o Bolsa Família será pago com algumas novidades. Veja mais a seguir.

BOLSA FAMÍLIA 2024

Bolsa Família abril poderá ser antecipado nas cidades que declararam estado de emergência ou calamidade pública.

Inclusive, o Governo Federal já reconheceu a situação de emergência em alguns municípios de 10 estados brasileiros:

  • Bahia
  • Goiás
  • Maranhão
  • Minas Gerais
  • Pará
  • Rio de Janeiro
  • Rio Grande do Sul
  • Santa Catarina
  • São Paulo
  • Espírito Santo

Para os que não acompanharam, a mesma ação de antecipação ocorreu em março para mais de 1,11 milhão de famílias, de 147 municípios.

Veja também:   Mora sozinho? Veja como conseguir o Bolsa Família

Outra novidade para o mês de abril é que as novas famílias do programa irão receber os novos cartões do Bolsa Família no endereço informado durante a inscrição.

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

Por outro lado, de acordo com o Ministério do Desenvolvimento, mais de 58 mil famílias estão com o benefício suspenso por 2 meses, ou seja, não irão receber a parcela neste mês.

Para evitar a suspensão, procure atualizar os dados da família regularmente no CadÚnico. Para saber se o seu benefício foi bloqueadosuspenso ou cancelado, basta consultar o aplicativo Bolsa Família, no celular ou tablet.

COMO SE CADASTRAR NO BOLSA FAMÍLIA?

De maneira objetiva, o responsável familiar deve estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico), com os dados corretos e atualizados, para ter acesso ao Bolsa Família.

Esta etapa deve ser realizada no CRAS do município, mediante a apresentação do documento de CPF ou título de eleitor.

Veja também:   Bolsa Família: Lula se pronuncia sobre o 13º salário

Contudo, é válido lembrar que mesmo inscrita no Cadastro Único, a família não entra imediatamente para o Bolsa Família. Isso porque o programa busca novos integrantes a cada mês, a depender do orçamento liberado pelo Governo Federal.

CALENDÁRIO DO BOLSA FAMÍLIA MÊS DE ABRIL

O Bolsa Família é pago mensalmente nos últimos 10 dias úteis do mês, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Confira o Calendário Bolsa Família Abril:

  • NIS final 1 – 17 de abril
  • NIS final 1 – 18 de abril
  • NIS final 1 – 19 de abril
  • NIS final 1 – 22 de abril
  • NIS final 1 – 23 de abril
  • NIS final 1 – 24 de abril
  • NIS final 1 – 25 de abril
  • NIS final 1 – 26 de abril
  • NIS final 1 – 29 de abril
  • NIS final 1 – 30 de abril

CONSULTA BOLSA FAMÍLIA

A consulta do programa deve ser realizada por meio do aplicativo Bolsa Família, disponível para celular ou tablet.

Veja também:   Bolsa Família e casa própria podem ser concedidos para a mesma pessoa

A plataforma libera informações sobre o valor do benefício, a data de pagamento e a situação atual (sinalizando se há bloqueio, suspensão ou cancelamento).

SAQUE BOLSA FAMÍLIA

Para sacar o Bolsa Família, o responsável deve apresentar um documento com foto nos seguintes locais:

  • Agências da Caixa, postos de atendimento bancários ou postos avançados de atendimento
  • Unidades lotéricas
  • Correspondentes Caixa Aqui
  • Terminais de autoatendimento
  • Unidades itinerantes

Além disso, com a Conta Poupança Social Digital, o beneficiário pode fazer transferências, pagar contas e fazer PIX diretamente pelo aplicativo CAIXA Tem.

QUEM TEM DIREITO AO BOLSA FAMÍLIA?

Para receber o pagamento do programa, a principal regra é que a renda de cada pessoa da família seja de, no máximo, R$ 218 por mês.

Para calcular se tem direito, basta dividir o valor total da renda da família pela quantidade de pessoas. Se o valor for igual ou menor que R$ 218, ela poderá receber o Bolsa Família 2024.