Câmara de ST ainda não é lugar de mulher, mas ela quer chegarPublicado às 06h desta segunda-feira (31)

A Câmara Municipal de Serra Talhada, composta por 17 parlamentares, ainda não tem a paridade necessária entre homens e mulheres.

Do total, apenas uma mulher foi eleita, a vereadora Alice Conrado, mãe da prefeita Márcia Conrado.

Entretanto, na prática, quem faz a máquina administrativa funcionar são as mulheres, nas mais variadas funções na Casa Joaquim de Souza Melo.

Quem se prepara para tentar ‘virar o modelo’ é a serra-talhadense Érica Inácio. Ela foi suporte por muitos anos, como assessora do tio, Jaime Inácio, mas entendeu que a sua presença na câmara é questão de justiça e empoderamento às serra-talhadenses.

Veja também:   Serra Talhada ultrapassa 100% de vacinação

“Minha família tem uma forte raiz política, e nós, mulheres, já tivemos espaços na Câmara de Serra Talhada. Foi assim com Dona Penha Oliveira e Peinha de Tião, que fizeram história em tempos diferentes. Sou a nova geração e acredito que posso contribuir muito com a luta das mulheres serra-talhadenses”, disse Érica Inácio, em conversa com o Farol.