Da Revista Fórum

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Depois de 100% das urnas apuradas e contabilizadas, finalmente o candidato de esquerda, Pedro Castillo, do partido Peru Livre, foi eleito presidente do país.

Ele obteve 50,12% dos votos válidos, maioria contra Keiko Fujimori, que ficou com 49,87%. A diferença foi de apenas 44.058 votos.

Apesar do resultado indiscutível, a Justiça peruana não declarou o nome de Castillo oficialmente como presidente. Isso porque a candidata de direita, filha do ex-ditador Alberto Fujimori, alega que houve fraude.

Veja também:   A economia a gente vê depois; por Jorge Apolônio