Fotos: Farol de Notícias / Celso Garcia

Publicado às 14h50 deste sábado (26)

Conectada com o Desenvolvimento é o tema da 22ª edição da Feira de Indústria, Comércio e Serviços de Serra Talhada, a Exposerra. Com a proposta de acontecer nos dias 14, 15 e 16 de julho, o evento será no Armazém Social do Sesc Serra Talhada. Na noite dessa sexta-feira (25), a Câmara de Dirigentes Lojistas de Serra Talhada (CDL) realizou uma coletiva de imprensa para anunciar o evento.

Ainda guardando um ar de mistério, a equipe diretora da entidade prometeu que a edição deste ano será um divisor de águas. O maior evento de negócios da região retorna após dois anos de isolamento social devido a pandemia do Covid-19. Maurício Melo, o presidente da CDL Serra Talhada confirmou assertivamente que o evento este ano evento acontecerá e buscará mais parceiros em Serra Talhada e região de cara nova, com horários novos e um layout moderno e conectado com o futuro.

A expectativa é que a parte cultural acontecerá como nos últimos anos, buscando através do Sesc privilegiar artistas regionais que estejam interligados com a proposta cultural da feira. Os grandes shows ficarão por conta da produção da M2 Shows e reservados para o sábado. Ao Farol, Maurício Melo, revelou que até abril o projeto completo da 22° Exposerra deverá ser lançado.

“Esperamos um volume de negócios bem maior que nos anos anteriores, já temos uma lista de empresas aguardando, que nunca participaram da feira e demonstraram interesse em participar, o
até porque teremos dois voos diariamente. Hoje tivemos a iniciativa de lançar para a imprensa e o público geral para saberem que haverá Exposerra e também para anunciar aos empresários da região para virem participar da feira. Ainda não demos muitos detalhes porque estamos fechando o projeto. Vamos marcar o lançamento com todas as informações, no mais tardar em abril”, confirmou o gestor.

Veja também:   Países se comprometem na ONU no tratamento de migrantes

Também participaram do evento o presidente da Sindicom, Francisco Mourato, que ratificou a parceria do Sesc com a Exposerra que criou o projeto de drenagem e do espaço do Armazém Social para agregar valor a tradicional feira da cidade. “Desde o início da realização desse evento que nós sonhávamos: um dia nós vamos ter um espaço coberto para realizar a Exposerra. Está aí! Esse espírito público do empresariado de Serra Talhada”, afirmou.

A responsável pelo Sesc Serra Talhada, Carla Coelho, agradeceu o momento e destacou a importância do município para o estado. Já Henrique Malaquias, gestor do Sebrae Serra Talhada destacou que a feira terá um espaço totalmente digital e interativo. O Sebrae investirá R$ 500 mil em arenas, estrutura física e digital para os micro, médio e grande empreendedores. E Alessandra Novaes, secretária executiva de Desenvolvimento Econômico de Serra Talhada representou a prefeita Márcia Conrado.