Do G1

Paolo Peluso era proprietário do Anella, restaurante de culinária italiana que fica na Região da Pampulha. O chef Paolo Peluso morreu de Covid-19, na madrugada desta segunda-feira (28), em Belo Horizonte. Ele tinha 41 anos e era proprietário do Anella Ristorante, que fica na Região da Pampulha.

“Honraremos seu legado e seu propósito de sempre servir alegria através dos sabores da nossa cozinha”, disse a equipe do restaurante em comunicado publicado nas redes sociais.

Paolo era casado e a esposa dele está grávida. Segundo funcionários do Anella, o bebê deve nascer nas próximas semanas. O aniversário da filha mais velha, que completa 5 anos, é nesta terça-feira (29).

Colegas do chef de culinária italiana contaram ao G1 que ele era espontâneo, gente boa e muito preocupado com a satisfação dos clientes.

No Dia dos Namorados, ele deu entrevista ao Jornal Nacional falando sobre as inovações no atendimento do restaurante por conta da pandemia.

Paolo passou cerca de 25 dias internado com coronavírus e não apresentava comorbidades, apenas sobrepeso.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que, até esta segunda-feira (28), 11.605 mortes por Covid-19 foram confirmadas em Minas Gerais. Há mais de 524 mil casos da doença registrados no estado.

O corpo de Paolo Peluso será velado no Cemitério Bosque da Esperança, às 14h30. O sepultamento está marcado para as 16h30.

Ainda de acordo com o comunicado, o restaurante ficará fechado devido ao luto. O estabelecimento será reaberto no dia 2 de janeiro, “de coração aberto e com o mesmo carinho de sempre”.