Do Folhape

Foto: Hélia Scheppa/divulgação/SEI

A nova remessa de vacina contra a Covid-19 esperada esta semana para Pernambuco chegou na madrugada desta sexta-feira (16) ao Recife. O lote com 255.150 doses – 102.400 da Coronavac/Butantan e 152.750 da Astrazeneca/Fiocruz – foi recebido pouco depois da 1h no Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre, em Boa Viagem, Zona Sul da cidade.

Os imunizantes contemplarão, segundo o Governo do Estado, idosos a partir dos 60 anos de idade, trabalhadores das forças de segurança e salvamento, que receberão a primeira dose. Uma parte do lote, ainda segundo o governo, será utilizada para a segunda dose de trabalhadores de saúde e idosos a partir dos 65 anos de idade.

A chegada dessas doses havia sido anunciada pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, e pelo governador Paulo Câmara.

“A vacinação dos idosos no Estado já mostrou resultados positivos, com a redução de atendimentos hospitalares dessa faixa etária. Essas vacinas chegam para reforçar esse trabalho e garantir mais segurança à essa população e também para ampliarmos a imunização de trabalhadores de saúde e da segurança”, afirmou Paulo Câmara após a chegada do novo lote.

O secretário André Longo destacou que os idosos representam 75% de todas as mortes por Covid-19 no Estado, e reforçou a importância do avanço na proteção desse público para que sejam evitados mais adoecimentos e, principalmente, óbitos.

Do aeroporto, as vacinas foram encaminhadas ao Programa Estadual de Imunização (PNI-PE) para serem conferidas, divididas em lotes e enviadas aos municípios pernambucanos.

O governador anunciou que as vacinas deverão chegar, ainda nesta sexta-feira, a todas as 12 Gerêncis Regionais de Saúde (Geres), responsáveis pelas distribuição aos municípios da região atendida.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, destacou que os idosos representam 75% de todas as mortes por Covid-19 no Estado, e reforçou a importância do avanço na proteção desse público para que sejam evitados mais adoecimentos e, principalmente, óbitos.

Balanço

Com esse novo quantitativo, Pernambuco recebeu, ao todo, 2.276.080 doses dos imunizantes, sendo 1.742.360 da Coronavac/Butantan e 533.720 da Astrazeneca/Fiocruz.

Já estão sendo contemplados na campanha idosos a partir dos 60 anos de idade, idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde e trabalhadores de forças de segurança e salvamento.

Nessa quinta, Longo informou que a expectativa é concluir a imunização do grupo de 60 anos em diante até o final deste mês ou, no mais tardar, no início de maio.

A partir daí, segundo o secretário, serão dados novos passos, “com o início da vacinação de pessoas com comorbidades, além de profissionais da educação e trabalhadores de serviços essenciais”. André Longo, no entanto, não especificou quais seriam esses grupos de trabalhadores essenciais.