Cleonice diz que não irá falar mal de Duque: "Márcia é a continuidade"

Fotos: Farol de Notícias / Licca Lima

Publicado às 05h20 deste domingo (5)

Tarde de política e cultura na TV Farol de Notícias com uma entrevista quente com Cleonice Maria, presidente da Fundação Cabras de Lampião, conselheira estadual de cultura e presidente do Partido dos Trabalhadores em Serra Talhada.

No Programa do Farol, Cleo comentou sobre os novos direcionamentos que o governo Lula tem dado para a cultura no país, Lei Paulo Gustavo e o Programa Nacional Aldir Blanc, que financiará a projetos culturais em todos os municípios brasileiros pelos próximos cinco anos.

Veja também:   Veleiro carregava mais de 2,2 toneladas de cocaína

Sem arredar o pé do bom debate, Cleonice ratificou que o Partido dos Trabalhadores atua no momento na formação de atores que encabeçarão as candidaturas a vereador, junto com o trabalho para a reeleição de Márcia Conrado, mas ponderou sobre a autonomia partidária.

Cleonice diz que não irá falar mal de Duque: "Márcia é a continuidade"

“Ela é uma companheira do PT, ela foi eleita pelo PT, é candidata a reeleição pelo PT. Isso sim, agora a dona do partido, não. Nenhum de nós somos, nem Lula que criou o PT é dono, a gente tem é que ter uma luta para que o partido não tenha dono e se discuta”, disse.

Veja também:   Polícia Militar e Federal apreendem fuzil e dinamites em Sertão de Pernambuco

EU NUNCA VOU FALAR MAL DE LUCIANO

“O melhor para a gente tem que ser uma vitória de Márcia, isso tem que ficar… eu sou do PT, do ponto de vista partidário. Agora ninguém nunca vai me ver falar mal de Luciano. Eu não sou, inclusive, favorável, eu não sou a favor que se apague o CPF dele. Eu vejo essa gestão como uma gestão de continuidade, pelo menos foi o que foi colocado”, declarou a presidente, continuando:

“Luciano foi prefeito dois mandatos, depois apresentou Márcia que foi secretária de saúde no governo dele com essa perspectiva da continuação do que estava sendo feito. Ninguém vai ouvir eu dizer que a gestão de Luciano foi ruim, porque não foi. Não é porque eu tenho a candidata a prefeita é do meu partido, eu sou a presidente do partido e eu vou apagar tudo o que foi feito na outra gestão. As divergências nossas são internas”.

Veja também:   Homem é arremessado cerca de 4 metros após ser atropelado em ST

VEJA A ENTREVISTA COMPLETA NA TV FAROL