Concurso Nacional Unificado ainda não tem nova data de aplicação
Foto: Ministra Esther Dweck – Ricardo Stuckert/PR

Por Folha de Pernambuco

Ao anunciar o adiamento das provas do concurso unificado, a ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, disse nesta sexta-feira (3) que ainda não há uma nova data para realização do certame. As provas seriam aplicadas neste domingo (5) em 1.228 cidades.

ministra explicou que a nova data será definida após a normalização da situação no Rio Grande do Sul, que enfrenta fortes chuvas, e resolução de questões logísticas do processo seletivo.

Veja também:   Governo anuncia novo cronograma e edital sairá dia 10 de janeiro

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

“Não temos uma nova data. Eu quero deixar claro que podemos, nas próximas semanas, divulgar a nova data. Nesse momento, toda a questão logística envolvida com a prova não nos permite dar uma nova data com segurança. A gente imagina que algumas semanas, ou até menos, a gente consiga divulgar a nova data”, disse em entrevista à imprensa.

Esther Dweck explicou que o adiamento foi a melhor solução para garantir que todos os candidatos tenham as mesmas chances.

Veja também:   Falta um mês para o “Enem dos Concursos”

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

“Essa decisão de adiamento busca garantir a integridade dos participantes, inclusive sua integridade física nas regiões onde seria impossível o deslocamento. Mas é uma integridade em todas as dimensões, preservando a vida das pessoas e também conferindo segurança jurídica ao concurso, que é algo essencial para todo mundo que está prestando concurso”, afirmou.

O CNU é o concurso com o maior número de candidatos já realizado no país. Ao todo, 2,144 milhões de candidatos se inscrevem no processo seletivo e disputarão 6.640 vagas oferecidas por 21 órgãos públicos federais.