Confira os 10 carros que mais gastam combustível no Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Por CNN Brasil

 

Saber o consumo de combustível de um carro é um fator determinante na hora da compra. Um modelo que gasta muita gasolina ou etanol, passa a pesar no bolso do motorista com o tempo.

E para orientar o consumidor referente ao gasto energético do carro, o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), coordenado pelo Inmetro, divulgou no início deste mês a nova tabela de 2023, que indica quais carros gastam mais e quais gastam menos no Brasil.

O documento mostra informações sobre eficiência energética, consumo, autonomia e emissão de gases de todos os carros de passeio, picapes e utilitários a venda no Brasil.

Vale lembrar que, desde a publicação da Portaria Inmetro Nº 377/2011, os modelos a combustão já trazem os valores na etiqueta e nas divulgações devidamente ajustados para refletir o uso cotidiano em quilometragem por litro (km/l).

Veja também:   Paulo Câmara autoriza concurso para polícias

A CNN já trouxe a lista dos 10 carros mais econômicos deste ranking. Agora, confira a outra ponta, os 10 modelos que mais gastam combustível:

  • 10º Lugar – Volkswagen T-Cross, modelo Highline 250TSI automático, motor 1.4-16V
  • 9º Lugar – Chevrolet Onix, versão 10TAT RS (produzidos até Jan/23), motor 1.0T – 12 V
  • 8º Lugar – Nissan Versa, modelo Sense, motor 1.6-16V
  • 7º Lugar – VW Virtus, modelo GTS 250TSI automático, motor 1.4-16V
  • 6º Lugar – VW Polo, modelo GTS 250TSI automático, motor 1.4-16V
  • 5º Lugar – Nissan Versa, modelo Advanced, motor 1.6-16V
  • 4º Lugar – Honda HR-V, modelo Advanced, motor 1.5T-16V,
  • 3º Lugar – Peugeot 208, modelo Allure AT, motor 1.6-16V
  • 2º Lugar – Renault Logan, modelo ZEN16CVT, motor 1.6 – 16V
  • 1º Lugar – Chevrolet Spin, modelo 1.8L AT LTZ5, motor 1.8L – 8V
Veja também:   WhatsApp para de funcionar em celulares Android antigos

Manutenção do carro

Segundo o engenheiro mecânico Denis Marum, o consumidor deve saber que há veículos que consomem combustíveis diferentes um do outro em função da potência do motor, do peso do carro e da relação câmbio e motor.

Marum explica que as montadoras vivem nessa briga para ver qual carro faz mais quilômetro por litro, mas, se o motorista não cuida e não mantém a manutenção do veículo em dia, o selo que ele traz acaba não valendo muito.

“O motorista que não sabe cuidar do carro e não sabe dirigir corretamente, vai nivelar seu veículo de selo A com um de selo E”, ressalta.

Veja também:   Gripe ou Covid? Veja diferenças de sintomas

O engenheiro conta que, em um teste realizado em que participou, junto com outros profissionais, conseguiram medir a eficiência energética dependendo de quem estava dirigindo.

“Tiveram motoristas que consumiram até 40% a mais de combustível devido à maneira de dirigir. Outro resultado da pesquisa mostrou que carros com manutenção em dia consomem 30% menos do que os sem manutenção”.

De acordo com Marum, se o motorista não faz revisão, deixa a suspensão com folga, as rodas desalinhadas, desbalanceadas, não troca a vela, enfim, o carro acaba gastando muito mais combustível.

“Ele não gasta para fazer a revisão, mas, por outro lado, acaba gastando no consumo de combustível. Calibragem de pneus é outro item importantíssimo. Toda vez que o motorista vai abastecer, tem que calibrar”, orienta.