Corinthians lida com cobranças para lançar garotos

Giovane, Pedro e Guilherme Biro com as medalhas no Corinthians — Foto: Olavo Guerra/Ag. Corinthians

 

Por Ge Globo

 

O Corinthians tem a renovação do meia Guilherme Biro bem encaminhada, de acordo com o diretor de futebol do clube, Roberto de Andrade. O jogador de 18 anos tem contrato apenas até o mês de novembro e tem treinado com o elenco principal, mas ainda não foi relacionado por Fernando Lázaro.

A tendência é que Biro só seja levado para os jogos depois de assinar o novo vínculo e, então, passe a integrar de forma definitiva o plantel profissional, assim como o atacante Pedrinho, de 17 anos. Os dois são pedidos pela Fiel torcida em campo, mas os minutos não devem chegar tão rapidamente.

Veja também:   Argentina vive onda de saques, e porta-voz da Casa Rosada acusa partido de Milei de envolvimento

– Já conversamos com os representantes do Biro e fizemos uma primeira reunião. Passamos valores e está dependendo deles. Semana depois do Carnaval devemos sentar para conversar e acertar – resumiu Roberto de Andrade.

Lázaro tem sido cobrado para dar minutos aos garotos, mas, por ora, o único a estrear sob o seu comando foi o meia Matheus Araújo. Os zagueiros Caetano e Murillo, o atacante Giovane e os já citados Pedro e Biro ainda não saíram do banco ou sequer foram relacionados.

Para o treinador, é tudo uma questão de achar o tempo certo para dar minutos aos meninos. Pedro foi relacionado para o jogo contra o Mirassol, mas não saiu do banco. Giovane já foi para dois jogos, mas também ainda não foi utilizado.

Veja também:   Hospam: 'Não paga quem trabalha, mas investe em S. João'

– Entendo a ansiedade, até anotei aqui: são 35 dias de competições, 10 jogos. Temos etapas de consolidação de uma equipe, é tempo curto para consolidar o time antes de qualquer coisa. Essas oportunidades para os jovens vão surgir, mas há o timing das coisas. Eles estão sendo inseridos, participando e se soltado. Alguns têm entrado em alguns momentos, e o tempo depois de alguns tiveram fora por um bom motivo e usaram esses minutos em um Sul-Americano. Foi uma forma de eles darem um passo de crescimento. Estamos ajustando, as coisas vão acontecer naturalmente – analisou o treinador.

Veja também:   ORÇAMENTO: Prefeito diminui percentual de emendas dos vereadores de Serra Talhada