CPI inicia sessão que ouve Mauro Cid; assista ao vivo

Da Folha de PE / Foto: Reprodução / Alan Santos

A CPI do 8 de janeiro abriu a sessão marcada para ouvir o tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens do ex-presidente Jair Bolsonaro. Mensagens com teor golpistas enviadas por diversos interlocutores foram encontradas em seu celular, inclusive com uma minuta de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que serviria para embasar um plano contra a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
A sessão de hoje da CPI mista também irá analisar requerimentos que pedem a convocação do fotógrafo Adriano Machado e do major José Eduardo Natale, ambos de interesse da oposição. A base do governo também tentar incluir um requerimento extra-pauta para pedir o acesso ao e-mail institucional que Cid usava quando era auxiliar da Presidência.

Veja também:   Polícia recupera mais de R$ 2 mil em celulares roubados em ST

Quem é Mauro Cid?

Cid é considerado um dos assessores mais próximos de Bolsonaro. Ele é filho do general Mauro César Lorena Cid, que foi colega do ex-presidente na Academia Militar de Agulhas Negras (Aman). O ex-ajudante de ordens está preso por conta do envolvimento em uma suspeita de fraude no cartão de vacinação de Bolsonaro e familiares. Por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), o ex-ajudante de ordens pode ficar em silêncio durante as perguntas que o incriminam.

Veja também:   Democrata vai cumprir mandato de deputado brasileiro cassado por gastos com OnlyFans e botox