campanha eleitoral
Urna eleitoral – Foto: Reprodução

Por Paulo César Gomes, Professor, historiador, pesquisador, escritor, colunista do Farol e apresentador da TV Farol

Foi dada a largada para a campanha eleitoral em Serra Talhada. A princípio temos cinco nomes postos: Márcia Conrado (PT), Miguel Duque (Podemos), Dr. Luiz Pinto (PSOL), Sargento Jucélio Souza (PL) e Ivanildo Gomes (PMB).

Mantido esse cenário teremos a maior quantidade de postulantes desde a eleição 1988.

A disputa nesse momento pende para a reeleição da prefeita Márcia Conrado, que contará com uma oposição fragmentada, e até o momento, pouco propositiva.

A petista montou o maior palanque já visto na história recente da cidade. Unindo-se, inclusive, a antigos adversários.

De forma literal, é possível dizer que Márcia escolhe a bola, o seu time, o gramado e até o time adversário.

Veja também:   Victor Oliveira diz que adesão do PMDB foi honrada e faz aceno para dialogar com Nena Magalhães
Foi dada a largada para a campanha eleitoral em ST
Evento PT e Avante – Foto: Farol de Notícias / Licca Lima

Receba as manchetes do Farol em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Ou seja, tudo está saindo conforme a tática que escolhe para se sagrar vitoriosa.

É bom que se diga que ela está jogando o jogo da política, afinal, como já disse Nicolau Maquiavel – o pai da ciência política – “os fins justificam os meios”.

É ingenuidade imaginar que na política existe pureza, e talvez, até ética.

Em 2010, por exemplo, Eduardo Campos aliou-se a Jarbas Vasconcelos, adversário ferrenho de sua gestão e do seu avô, Miguel Arraes.

Outro exemplo, foi a aliança de Lula com Maluf, em 2012, que culminou com a eleição de Fernando Haddad para prefeito da capital paulista.

Veja também:   Serra ganha mais um pré-candidato a prefeito: conheça o mais novo adversário de Duque

ANÁLISE DA CAMPANHA ELEITORAL

campanha eleitoral
Miguel Duque e Luciano Duque – Foto: Farol de Notícias /

O jovem Miguel Duque tem todas as condições, assim como os demais postulantes, de reverter o jogo da campanha eleitoral. Miguel tem demonstrado boa desenvoltura e oratória, experiência adquirida no exercício da advocacia.

Mas para obter êxito precisa se preparar ainda mais. Márcia é uma política que adquiriu muito conhecimento de política e gestão.

Quem quiser debater com ela vai precisar está muito afiado, dominando todas as informações sobre tudo que ocorreu em Serra Talhada nos últimos 20 anos.

Outro fato a ser observado nessa eleição é como o eleitorado vai reagir a movimentação das redes sociais e as diferentes ‘fake news’ que vão surgir.

Veja também:   Vereador comemora retroescavadeira na zona rural de ST

campanha eleitoral

Márcia Conrado possui hoje mais de 62 mil seguidores no Instagram. Número que é maior que a quantidade de votantes do município e mais que o dobro dos votos que ela recebeu em 2020.

No entanto, esse também pode ser um dos calos da prefeita. Boa parte da população, aparentemente, rejeita esse perfil da prefeita. E certamente ela será bombardeada com fotos e vídeos que constam nas suas redes sociais.

Certas coisas não se apagam do dia para a noite e a eleição deste ano será para alguns um filme de terror e ou mistério, no melhor estilo “Eu sei o que vocês fizeram no verão passado”.