Publicado às 04h40 desta quinta-feira (7)

Foto: Assessoria

Uma boa notícia animou a prefeita Márcia Conrado (PT) nessa quarta-feira (6). Em conversa com o Farol, ela revelou que dos 31 municípios que aderiram ao consórcio para instalação do Samu na região, apenas oito faltam quitar a sua parte. Com isso, a expectativa para a implantação do serviço este ano é cada vez mais promissora. Márcia ficou como coordenadora do grupo técnico sobre o Samu junto ao Cimpajeú, conjunto de municípios que vai bancar o serviço.

Neste sentido, ela se reuniu ontem com a diretora-executiva do Cimpajeú, Hilana Sá, para acompanhar o andamento do projeto. “Como a gente vai ter uma nova reunião dia 14 [de janeiro] com prefeitos e promotores, aí eu só agilizei para saber quais foram os municípios que já pagaram e os que faltam pagar, já houve um avanço porque até a semana passada só existiam 8 municípios que tinham pago e agora a gente já tem 23”, disse Márcia ao Farol.

O pagamento de que fala a prefeita se refere à contrapartida dos municípios em 0,55 per capita. A nova reunião com a equipe do Cimpajeú deve ocorrer no Ceu das Artes, no bairro da Caxixola, em Serra Talhada. O Samu foi uma promessa de campanha do ex-prefeito Luciano Duque, ainda em 2012 e continua em aberto. Márcia garantiu nas eleições 2020 trabalhar para implantar o serviço via consórcio ainda em 2021.

Veja também:   João Antônio se pronuncia ao ter que deixar Hospam