Deputada denuncia estupro coletivo em boate
Sede da DEAM, no Centro do Rio, onde o caso foi registrado – Foto: Divulgação

Por Folha de Pernambuco

deputada estadual Renata Souza (PSOL)presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher, recebeu ontem a denúncia de estupro coletivo de uma jovem estrangeira, de 25 anos, em uma boate na Lapa.

A vítima contou, segundo a parlamentar, que após conhecer um rapaz na casa noturna, aceitou ir com ele a um espaço chamado de ‘dark room’, dentro da boate.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Neste local, foi estuprada sem qualquer chance de defesa, segundo relato. Ela contou para deputada que perdeu a consciência e não soube dizer quantos homens participaram do estupro.

Veja também:   Polícia abre inquérito do 3º caso de estupro de vulnerável em ST

Renata Souza encaminhou a jovem para fazer o registro na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam).

De acordo com dados da Polícia Civil do Rio, houve no estado cerca de 4 mil registros de estupros coletivos em dez anos, desde 2012.

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)

A jovem é universitária que pretendia permanecer por pelo menos um ano no Brasil para aprender o português, mas contou que está decidida a voltar o quanto para o país de origem. Após o registro de ocorrência, ela foi levada ao Instituto Médico Legal.

Veja também:   Criança de apenas 12 anos é vítima de estupro no Pajeú