paulo césarPor Paulo César Gomes, Professor e pesquisador da história de Serra Talhada

O obelisco erguido na Praça Sérgio Magalhães, no coração de Serra Talhada, foi uma das marcas da gestão do ex-prefeito Geni Pereira, uma homenagem ao 150 anos de emancipação política de Serra Talhada – 06 de maio de 2001. No entanto, o monumento nunca recebeu o devido valor, tanto da sociedade, como dos órgãos públicos.

O obelisco é freqüentemente vítima de vandalismo, só é lembrando em período natalino, quando é usado como base para sustentação a árvore de natal. No restante do ano é usado como mural para exposição de cartazes de festas. É bem verdade que o obelisco deveria ter sido construído de forma vistosa e imponente, aos moldes de outros que existem em vários países do mundo.

Porém, é preciso registrar que esse não é o primeiro obelisco a ser erguido na praça central da cidade. Em 1951, outro monumento no mesmo estilo foi inaugurado em comemoração ao centenário.

Inexplicavelmente, em uma das reformas realizada na atual Praça Barão do Pajeú, o obelisco foi posto abaixo sem que nenhum tijolo ou placa fosse guardado como recordação histórica.

Infelizmente, Serra Talhada tem uma péssima tradição em deletar elementos que fazem parte da memória da cidade e do seu povo.

Um forte abraço e um feliz 2016 a todos os amigos faroleiros!

O Obelisco hoje

OBELISCO1

O primeiro Obelisco em frente a Matriz da Penha (1951)

obelisco

obelisco 2

Fotos: Dierson Ribeiro/ Farol de Notícias

Veja também:   Márcia 'mergulha de cabeça' no apoio ao deputado Danilo Cabral