Do g1

Foto: Arquivo Pessoal

Michel Praddo, conhecido como ‘Diabão’, fez a retirada do restante das orelhas e brincou nas redes sociais que só estava esperando o uso de máscaras deixar de ser obrigatório para realizar o procedimento. Em entrevista ao g1 nesta terça-feira (12), Diabão afirmou que a retirada foi feita por um modificador mexicano que veio ao Brasil.

“Se não sou obrigado mais a usar um, posso dispensar o outro, né?”, postou ele nas redes sociais, ao mostrar a foto de uma máscara e do restante das orelhas que retirou. De acordo com Diabão, apesar da postagem com a brincadeira, ele já tinha planos de fazer a modificação antes.

“Ali [postagem], foi mesmo uma brincadeira. Eu já estava programando fazer a orelha, como estou programando sempre fazer muita coisa. Aí, foi a oportunidade de modificar pelo mexicano estar no Brasil. Ele pediu para eu escolher uma modificação, que ele iria me presentear, e eu optei por fazer a retirada das orelhas”, afirma.

‘Diabão’ e ‘Mulher Demônia’ de Praia Grande mostram modificações corporais
Diabão, que vive em Praia Grande, no litoral de São Paulo, com a esposa Carol Praddo, a Mulher Demônia, tem diversas modificações corporais. Ele relatou ao g1 que, durante um tempo, por ter ficado com a saúde um pouco debilitada, após pegar Covid-19, e também por ter complicações em uma cirurgia, deixou de fazer modificações, mas agora está retomando os projetos.

“Esse mês e nos próximos, pretendo retomar legal meu projeto, e ainda nesse ano, fazer bastante modificações, implantes, carnificações, quero dar uma retomada”, afirma.

Segundo Diabão, o modificador mexicano que fez o procedimento se chama Gatto Moreno. “Para mim, ele é o mais completo do mundo na atualidade. Ele que removeu meu dedo, e estamos estudando a possibilidade de ir para o México, e dar continuidade ao projeto ‘La Garra’ [para deixar as mãos mais parecidas com uma garra]”.

Veja também:   Juíza é encontrada morta dentro de carro com marca de tiro

De acordo com ele, agora, o principal foco é retomar as modificações mais extremas. “Pretendo voltar com força total. Na hora em que estava fazendo, fiquei até emocionado, por sentir que estava retomando alguma coisa que estava se perdendo em mim. Sou muito feliz sendo quem eu sou”, finaliza. Agora, Diabão está em recuperação do procedimento tomando anti-inflamatório.

Histórico de modificações

Diabão e Mulher Demônia estão juntos há mais de dez anos, e passaram a fazer modificações mais extremas há cerca de quatro. Começou com o Diabão, mas Carol entrou na onda pouco tempo depois.

Diabão conta que já fez mais de 60 procedimentos de modificação corporal, e que tem mais de 80% do corpo tatuado. A meta dele é ser o homem mais modificado do mundo e entrar para o Guinness Book, o livro dos recordes.

Além do projeto ‘La Garra’, ele usa uma dentadura de prata, além de fazer lipoaspiração e abdominoplastia, procedimento em que também optou por remover o umbigo. Dias após realizar o procedimento cirúrgico, os pontos da abdominoplastia se romperam e ele precisou fazer um novo procedimento, recebendo alta médica dias depois.

Tanto Michel Praddo como a esposa têm quase todo o corpo tatuado, e são conhecidos pelas modificações corporais já realizadas, incluindo chifres implantados na testa. Apesar de precisar lidar com o preconceito em algumas situações, o Diabão contou ao g1 que se sente uma pessoa querida, principalmente com a movimentação das pessoas na web, após ele precisar de ajuda monetária para a cirurgia corretiva e conseguir arrecadar o dinheiro em menos de 24 horas.