djaci

Nessa quarta-feira (22) o vereador de oposição, Djaci Marques, realizou uma visita de cortesia à redação do FAROL. Na oportunidade, o parlamentar aproveitou para fazer uma avaliação da gestão do prefeito Luciano Bonfim (PR) e traçou planos para 2016. Confira a entrevista na íntegra.

FAROL: Vereador Djaci, gostaria de agradecer a sua visita ao FAROL e inicialmente perguntar que avaliação o senhor faz da administração do prefeito Luciano Bonfim? Que nota o senhor dá a administração do prefeito de Triunfo?

Djaci Marques: “Boa tarde Giovanni, boa tarde a todos que acompanham aqui o FAROL. A nossa avaliação é no sentido de que ela deixa muito a desejar. A gente sabe que o prefeito do município é médico, médico de profissão e uma das coisas que a gente mais demanda é a situação da saúde da população de Triunfo. No meu pronunciamento, na Câmara, várias vezes eu tenho levantado essa questão com relação a cirurgias, com relação a medicamentos, a atendimento médico, hospitalar, com relação ao transporte de pacientes em ambulâncias. Que hoje os dois distritos do município estão desacobertados, porque essa gestão atual retirou as ambulâncias dos distritos. E com relação a não nascerem mais filhos de Triunfo na cidade, que hoje, os filhos, as gestantes de Triunfo tem que sair peregrinando de cidade em cidade até terem seus filhos”.

FAROL: Triunfo não tem uma maternidade?

D.M.: “Tem a maternidade, mas o bloco cirúrgico está desativado desde fevereiro de 2008 e hoje as gestantes não têm nenhum suporte para terem seus filhos. Tem que vir para ter em Serra Talhada, Salgueiro, Caruaru e muitas vezes em Recife. Então, essa é a situação que a gente avalia, falta uma política pública nessa e em outras áreas também, na cultura, no esporte. Hoje os jovens não têm equipamentos para a prática de esportes, tanto no município quanto nos distritos. E também com relação ao atendimento a zona rural, a questão de estradas, de abastecimento de água. A gente não vê nenhuma ação da prefeitura para melhorar a qualidade de vida do povo nesse sentido”.

FAROL: O senhor diria que hoje a cidade de Triunfo é acolhedora para o turista e ingrata para quem mora, para o filho da terra?

Veja também:   Vereador avalia gestão de Márcia e diz que ruptura não interessa

D.M.: “É isso mesmo, apesar da gente saber do potencial turístico de Triunfo, mas o próprio município deixa muito a desejar para receber de braços abertos e com melhor qualidade o turista. Se a gente pegar, por exemplo, o Pico do Papagaio, que é o ponto mais alto de Pernambuco, é um dos pontos turísticos mais frequentados de nossa cidade e hoje a gente a gente não tem acesso para chegar de veículo até esse ponto. Que a gente sabe que os turistas vêm de todo o estado, turismo a nível nacional e até internacional, mas que não tem esse acesso para receber os turistas e como também essa condição para dar para os moradores”.

“Em Triunfo nós não temos uma rodoviária, uma cidade com um potencial turístico enorme, é uma coisa que eu venho brigando também, através da empresa pernambucana de transporte intermunicipal da secretaria de Transporte do estado. Para ser instalado uma rodoviária em Triunfo, para atender melhor o morador, assim como quem visita nossa cidade, porque não tem um espaço adequado para fazer o embarque e desembarque nas viagens”.

djaci 2

FAROL: Recentemente, o senhor acionou o Ministério Público contra o prefeito Luciano Bonfim, o que motivou essa denuncia ?

D.M.: Durante esses dois anos e quatro meses de mandato, a gente sempre teve o apoio e uma parceria muito boa com o Ministério Público. Anteriormente, era Dr. Felipe o promotor de Triunfo, agora é Dr. Vandeci. E esses questionamentos que nós levamos para o Ministério Público são as demandas da população, eu já fiz denúncia no Ministério Público a respeito do contrato do transporte da limpeza urbana; também da locação de veículos, porque no nosso entendimento, na avaliação dos contratos a gente viu que estava havendo um superfaturamento nos contratos e agora a pouco, com relação ao lixo da cidade. A gente sabe que Canaã é um distrito, Jericó é um distrito e tem lixão, como também na sede. O fator agravante é que a Prefeitura de Triunfo estava levando o lixo da cidade para o distrito de Canaã, que fica às margens da PE-320 e estava tocando fogo. O fogo está indo para a pista, podendo ocasionar acidentes, como está prejudicando a saúde dos moradores de Canaã, que está poluindo o ambiente.

Veja também:   Justiça afasta 8 policiais miitares após morte de índio em Carnaubeira

Eu estive lá no distrito e muitos moradores tendo problemas respiratórios, problemas de saúde e devido a isso, eu já tinha feito uma indicação na Câmara para solicitar ao prefeito um aterro sanitário para acabar com os lixões no município. E agora, eu reapresentei e falei na necessidade de fazer esse aterro. A gente está embasado na lei federal que até agosto de 2014 tinham que acabar com os lixões nas cidades. E na semana passada eu estive no Ministério Público, com o promotor e ele me passou que tinha recebido o documento, que eu tinha encaminhado da Câmara e que estava chamando, essa semana agora, uma reunião com prefeito onde será assinado um termo de ajustamento de conduta ambiental, para que fosse resolvida essa situação.

No último sábado, também, estive em Carnaíba e estive com Dr. Lúcio do Ministério Público. Levantei com ele esse questionamento e ele me disse que o indicado mesmo é o que promotor já irá fazer, aplicar o termo de ajustamento de conduta ambiental para que a prefeitura se adeque acabando com esses lixões no município, dando aos moradores uma melhor qualidade de vida.

FAROL: Para finalizar, a oposição já tem nomes para 2016?

D.M.: “A gente tem trabalhado aí, tem feito nosso trabalho na Câmara e a oposição terá sim um nome que irá despontar para que a gente dispute uma eleição. A gente tem alguns nomes que ventilam no cenário, a gente tem Lula Baião, que foi o nosso candidato em outra oportunidade e hoje o pessoal lembra, o nome dele é lembrado.

A gente tem o próprio Dr. Maninho que já foi prefeito e também pode ser um bom nome. Tem um empresário, Gilson do Pará. Mas houve uma reunião em Triunfo, na quinta-feira da semana santa, que o foco nosso é unir as oposições, a gente quer unir as oposições e para quando chegar a hora de debater, de discutir o nome que estiver melhor colocado nas pesquisas de aceitação popular, esse vai ser o nome que a gente vai apoiar para disputar o cargo da prefeitura, para que a gente possa fazer um trabalho e melhorar a qualidade de vida do povo de Triunfo”.