elza-soaresDjavan, Martinho da Vila e Elza Soares estão entre os brasileiros que ganharam, nesta quinta-feira (17), prêmios no Grammy Latino. Os artistas venceram nas categorias Melhor Canção em Português e melhores álbuns de Samba e Música Popular Brasileira, respectivamente, com a canção “Vidas pra contar” e os discos “De bem com a vida” e “A mulher do fim do mundo”.

Martinho e Elza não foram a Las Vegas (EUA) para receber seus troféus na cerimônia prévia à festa de gala, celebrada no T Mobile Arena.

Veja também:   Após ostracismo, Sebastião e Marília pautam a política em ST

“[Martinho da Vila] não está, certamente está na praia, lá no Brasil”, brincou Marcelo Castello Branco, que apresentou a premiação.

A cantora Céu ganhou na categoria Música Contemporânea, com o álbum “Tropix”. “Estou muito feliz de representar o Brasil nesta festa latina”, disse a cantora de 36 anos.

Ian Ramil compartilhou uma estatueta com a banda Scalene na categoria Melhor Álbum de Rock em Português. Eles são responsáveis por “Derivacivilização” e “Éter”, respectivamente. “Dedico a todos os que fazem música pensando em dar um passo além da distração, da diversão, pensando em comunicar”, disse Ramil, artista independente do Rio Grande do Sul.

Veja também:   Estrela do tênis acusa dirigente do Partido Comunista de agressão sexual

Paula Fernandes, com o disco “Amanhecer”, e a parceria entre Almir Sater e Renato Teixeira, que deu origem a “AR”, também foram condecoradas nas categorias Melhor Álbum de Música Sertaneja e Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras, respectivamente. O carioca Hamilton de Holanda venceu a categoria Melhor Álbum Instrumental, com “Samba de Chico”.

O principal ganhador da noite foi o álbum “Los Dúo 2”, do cantor e compositor mexicano Juan Gabriel, que morreu em agosto aos 66 anos.

Do G1 Brasil