Publicado às 05h desta sexta-feira (1)

O odontólogo Breno Araújo, esposo da prefeita de Serra Talhada, Márcia Conrado (PT), assinou a ficha de filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), no último dia 29, num evento que contou com a participação do próprio governador Paulo Câmara. Ele estreia na política partidária já como presidente da legenda na capital do xaxado, missão que já foi coordenada pelo ex-prefeito Carlos Evandro. Discreto, o ‘primeiro cavalheiro’ não quis ingressar no Partido dos Trabalhadores (PT), mesma legenda da esposa, e acabou irritando alguns petistas do município.

“Não entendo porque o gesto de Dr. Breno fortalece o PSB, e não o PT, que tem a Márcia uma figura em ascensão. Ora, a prefeita é do PT, o município é governado pelo PT, e ele [Breno] endossa uma outra proposta. Não seria isso uma traição com o nosso partido?”, cravou um petista serra-talhadense, pedindo anonimato.

Veja também:   Mãe se emociona e agradece doações

A reportagem do Farol fez contato com o Breno Araújo, nessa quinta-feira (30), mas ele não respondeu aos questionamentos. Perguntamos o que pesou na decisão da escolha pelo PSB, e se o convite partiu do governador Paulo Câmara. O ne0-socialista leu as mensagens, mas não quis comentar.