Duque discute crise da hemodiálise em PE

Da Assessoria

Nesta quarta-feira (13), às 9h, no auditório Ênio Guerra da Assembleia Legislativa, a Comissão de Saúde e Assistência Social realiza audiência pública sobre a crise no setor de hemodiálise no estado.

O evento foi um pleito do deputado estadual Luciano Duque, que faz parte do colegiado, e vem tratando do tema em diversos momentos na Casa.

Atualmente, mais de 6.500 pacientes renais crônicos realizam o tratamento nas clínicas de diálise conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS) em Pernambuco.

Veja também:   ST conquista medalhas por Pacto Global de Prefeitos

A falta de vagas para o procedimento nos ambulatórios de hemodiálise, que atendem ao Estado, tem causado uma crise humanitária na saúde.

Dentre os problemas, está o subfinanciamento e a defasagem na remuneração. Além disso, os reajustes previstos são insuficientes e não levam em conta o número de pacientes atendidos por máquina.

“Atualmente, as clínicas absorvem o prejuízo, motivo pela qual, elas estão sucateadas, endividadas e algumas já sem recolher obrigações trabalhistas e tributárias”, explica o deputado.

Foram convidados para audiência, representantes dos governos estadual e federal, entidades, médicos, especialistas, donos de clínicas e usuários.

Veja também:   Distorcida e "meio louca", conheça a nova selfie 0.5

“Queremos reunir todos os agentes envolvidos para juntos chegarmos a uma solução para os milhares de pernambucanos que simplesmente não podem esperar. A máquina é a única chance de sobrevivência dessas pessoas. Sem um rim novo, o uso do equipamento é responsável pela vida desses pacientes”.