Duque diz que Márcia fechou 2023 'de forma melancólica'
Fotos: Arquivo Farol de Notícias

O deputado estadual Luciano Duque fez uma espécie de ‘mea culpa’ diante a postura da prefeita Márcia Conrado em mudar de postura após o racha político entre as duas liderança.

Em entrevista ao Programa do Farol no YouTube, Luciano questionou a estratégia da gestora em ‘cancelar seu CPF’ dos serviços prestados por Serra Talhada.

Na conversa com o Farol, Duque sapecou uma frase que parece resumir o tom do debate eleitoral deste ano.

“Com todo o respeito, minha amiga Márcia Conrado, eu ajudei você a chegar onde você chegou, porque você antes não era política. Seu pai foi um grande homem a quem respeito e sempre tive uma relação política extraordinária”, afirmou Duque ‘abrindo fogo’:

Veja também:   2ª com blocos de rua pelo Pajeú e muito reggae

“[mas] ela acha que deu certo o modelo [de governo] que está aí. E não deu! Porque na hora que termina um ano melancolicamente promovida pelo Ministério Público para pedir para ela pagar o consignado de um servidor, de uma apropriação indébita, tirou do dinheiro do povo e saber que o Tribunal de Contas está lá dentro da previdência, porque ela [Márcia] está deixando de repassar contribuição do servidor”.

VEJA O TRECHO DA ENTREVISTA ABAIXO