Duque evita confronto com Waldemar sobre eleições em STAinda repercute a entrevista concedida pelo deputado Waldemar Oliveira (Avante), nessa segunda-feira (15), no programa Falando Francamente, na TV Farol. 

Ao ser questionado sobre as razões dos irmãos Oliveira não terem fechado aliança com o deputado Luciano Duque, em Serra Talhada, ‘Dema’ acabou revelando um bastidor envolvendo a ex-deputada Marília Arraes, presidente estadual do Solidariedade.

“O que Marília me disse que ela tinha preferência em continuar com o projeto da prefeita Márcia Conrado. E que não estava nos projetos do Solidariedade lançar Luciano como pré-candidato a prefeito de Serra Talhada”, sapecou Oliveira, selando o destino político do deputado serra-talhadense.

Veja também:   Suspeito de assalto a banco escapa de cerco

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Mas ontem (segunda-feira), durante conversa com o Farol, Luciano Duque não ‘engoliu seco’ as declarações do deputado federal.

“Eu respeito o deputado Waldemar Oliveira, mas ele fala pelo Avante, pois é o seu partido. Como disse antes, quem tem que falar [pelo meu partido] é Marília Arraes. É assim que funciona as decisões partidárias”, resumiu.

O ex-prefeito de Serra Talhada, responsável princiapl pela eleição de Márcia Conrado em 2020, continua repetindo que está no jogo e sairá candidato a prefeito da capital do xaxado.

Veja também:   Rodrigo Janot pede ao STF as prisões de Renan, Sarney, Cunha e Jucá