Edital ANA publicado com 40 vagas iniciais

Do Direção Concursos

O edital ANA (Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico) foi publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (15)! Ao todo, são ofertadas 40 vagas para especialista em regulação de recursos hídricos e saneamento básico, com remuneração inicial de até R$ 16,4 mil!

Veja as principais informações do certame:

  • Banca: Cebraspe
  • Vagas: 40 vagas
  • Cargos: especialista em regulação de recursos hídricos e saneamento básico
  • Escolaridade: nível superior
  • Salários iniciais: R$ 16.413,35
  • Inscrições: 29 de janeiro a 21 de fevereiro
  • Taxas:  R$ 110
  • Provas: 28 de abril
  • Edital

Raio-X: Agências Reguladoras!

São 365 vagas de nível superior a serem distribuídas para as diversas Agências Reguladoras! Confira nesse e-book que o Direção preparou para você, nele você vai ficar sabendo das últimas informações sobre o próximo concurso das Agências e todos os detalhes dos últimos editais. Comece sua preparação agora!

Vagas do edital ANA

O edital ANA oferta 40 vagas para especialista em regulação de recursos hídricos e saneamento básica, distribuídas entre as seguintes carreiras:

  • Área 1 (Qualquer área de formação): 15 vagas, sendo 11 para ampla concorrência, 1 para portadores de deficiência e 3 para negros
  • Área 2 (Qualquer área de formação): – 15 vagas, sendo 11 para ampla concorrência, 1 para portadores de deficiência e 3 para negros
  • Área 3 Qualquer área de formação): – 10 vagas, sendo 7 para ampla concorrência, 1 para portadores de deficiência e 2 para negros.

Remunerações do edital ANA

A remuneração inicial dos aprovados é de $ 16.413,35 e a carga horária de trabalho é de 40 horas semanais.

Requisitos do edital ANA

Confira os requisitos exigidos no edital ANA:

  • ESPECIALISTA EM REGULAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS E SANEAMENTO BÁSICO -ESPECIALIDADE 1
    • REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).
  • ESPECIALISTA EM REGULAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS E SANEAMENTO BÁSICO – ESPECIALIDADE 2
    • REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • ESPECIALISTA EM REGULAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS E SANEAMENTO BÁSICO – ESPECIALIDADE 3
    • REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Lotação

Os futuros aprovados serão lotados na cidade de Brasília, no Distrito Federal.

Inscrições do edital ANA

Os interessados no edital ANA devem se inscrever entre 29 de janeiro a 21 de fevereiro no site do Cebraspe, mediante a taxa de pagamento de R$ 110.

Veja também:   Primeiro dia foi de infrações e muita ação nas ruas de ST

Lembrando que o pagamento deste valor deve ser feito até o dia 11 de março, a fim de validar a inscrição.

Etapas e provas do edital ANA

O edital ANA conta com as seguintes etapas:

  1. Prova objetiva: caráter eliminatório e classificatório;
  2. Prova discursiva: caráter eliminatório e classificatório;
  3. Avaliação de títulos: caráter classificatório (especialista);
  4. Curso de formação: caráter eliminatório e classificatório.

As provas objetivas e a prova discursiva terão a duração de 5 horas e serão aplicadas no turno da tarde.

Prova objetiva

A prova objetiva será composta por 120 questões distribuídas da seguinte forma:

  • conhecimentos básicos – 50 questões
  • conhecimentos específicos – 70 questões

Cada prova objetiva será constituída de itens para julgamento, agrupados por comandos que deverão ser respeitados.

A nota em cada item será igual a:

  • 1,00 ponto, caso a resposta do candidato esteja em concordância com o gabarito oficial definitivo das provas;
  • 1,00 ponto negativo, caso a resposta do candidato esteja em discordância com o gabarito oficial definitivo das provas;
  • 0,00 ponto, caso não haja marcação ou haja marcação dupla (C e E).

Será reprovado nas provas objetivas e eliminado do concurso público o candidato que se enquadrar em pelo menos um dos itens a seguir:

  • obtiver nota inferior a 10,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos básicos P1;
  • obtiver nota inferior a 21,00 pontos na prova objetiva de conhecimentos específicos P2;
  • obtiver nota inferior a 36,00 pontos no conjunto das provas objetivas.

Veja, com detalhes, as disciplinas cobradas:

(P1) Objetiva – Conhecimentos básicos (comum para todas as especialidades):

  • Língua Portuguesa: 10
  • Raciocínio Lógico, Probabilidade e Estatística: 10
  • Noções de Tecnologia da Informação e Ciência de Dados: 10
  • Recursos Hídricos, Saneamento Básico e Legislação Aplicada: 20

(P2) Objetiva – Conhecimentos específicos (Cargo 1: Especialista em Regulação de Recursos Hídricos e Saneamento Básico – Especialidade 1)

  • Microeconomia: 15
  • Matemática Financeira e Análise de Investimentos: 10
  • Economia Ambiental e de Recursos Hídricos: 10
  • Regulação Econômica e de Mercados/Economia da Regulação: 15
  • Contabilidade Aplicada à Regulação: 10
  • Econometria: 10

(P2) Objetiva – Conhecimentos específicos (Cargo 2: Especialista em Regulação de Recursos Hídricos e Saneamento Básico – Especialidade 2)

  • Hidrologia: 10
  • Hidráulica: 10
  • Sistemas Hidráulicos de Saneamento: 10
  • Saneamento Ambiental: 10
  • Segurança de Barragens: 10
  • Infraestrutura Hídrica: 10

(P2) Objetiva – Conhecimentos específicos (Cargo 3: Especialista em Regulação de Recursos Hídricos e Saneamento Básico – Especialidade 3)

  • Hidrologia: 20
  • Qualidade da Água: 10
  • Recursos Hídricos e Meio Ambiente: 10
  • Gestão de Recursos Hídricos: 20
  • Economia Ambiental e dos Recursos Hídricos: 10

Prova discursiva

A prova discursiva, por sua vez, será composta por uma situação-problema, de até 45 linhas, versando sobre temas ligados aos conhecimentos específicos do cargo.

Veja também:   Governo de PE antecipa 13º salário de 2023; veja data

Para cada cargo/especialidade/sistema de concorrência, será corrigida a prova discursiva dos candidatos mais bem classificados nas provas objetivas, de acordo com a tabela abaixo:

Edital ANA publicado com 40 vagas iniciais

A prova discursiva será avaliada quanto ao conteúdo (conhecimento do tema), à capacidade de expressão na modalidade escrita e ao uso das normas do registro formal culto da Língua Portuguesa.

Confira os critérios de correção:

  • a apresentação e a estrutura textuais e o desenvolvimento do tema totalizarão o valor de 30,00 pontos;
  • a avaliação do domínio da modalidade escrita totalizará o número de erros (NE) do candidato, considerando-se aspectos tais como: grafia, morfossintaxe, pontuação e propriedade vocabular;
  • nos casos de fuga ao tema, ou de não haver texto, o candidato receberá nota na prova discursiva igual a zero;
  • será aprovado na prova discursiva o candidato que obtiver NPD de 15,00 pontos.

Prova de títulos

A prova de títulos consiste na atribuição de pontos para os candidatos com especializações. O limite máximo estabelecido é de 15 pontos.

Confira a tabela de títulos:

Edital ANA publicado com 40 vagas iniciais

Curso de formação

Serão convocados para o curso de formação os candidatos aprovados na primeira etapa no concurso, dentro dos quantitativos de vagas imediatas estabelecidos.

O curso de formação terá 160 horas/aula de duração, observando o horário comercial de trabalho. Será realizado em tempo integral, com atividades que poderão ser desenvolvidas nos turnos diurno e noturno, inclusive sábados, domingos e feriados.

A avaliação do curso de formação consistirá de prova objetiva, composta de 80 itens para julgamento certo ou errado, acerca dos conteúdos ministrados no curso.

Será eliminado do concurso o candidato que:

  • deixar de efetuar a matrícula no curso de formação profissional;
  • se afastar, por qualquer motivo, do curso;
  • não frequentar, no mínimo, 75% das horas de atividades;
  • obtiver nota final no curso de formação profissional inferior a 70% dos pontos possíveis; e
  • não satisfizer os demais requisitos legais, regulamentares e(ou) regimentais.

Locais de aplicação das provas

As provas objetivas e a prova discursiva, para todos os candidatos, bem como a avaliação biopsicossocial dos candidatos que solicitarem concorrer às vagas reservadas às pessoas com deficiência e o procedimento de heteroidentificação complementar à autodeclaração dos candidatos negros, serão realizadas nas 26 capitais dos estados brasileiros e em Brasília, Distrito Federal (DF).

O curso de formação (segunda etapa), para todos os candidatos aprovados na primeira etapa, será realizado em Brasília/DF.

Conteúdo programático

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. RACIOCÍNIO LÓGICO, PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA: I RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Conjuntos numéricos: números inteiros, racionais e reais. 2 Sistema legal de medidas. 3 Razões e proporções. 3.1 Divisão proporcional. 3.2 Regras de três simples e compostas. 3.3 Porcentagens. 4 Equações e inequações de 1º e de 2º graus. 5 Sistemas lineares. 6 Funções e gráficos. 7 Princípios de contagem. 8 Progressões aritméticas e geométricas. 9 Compreensão de estruturas lógicas. 10 Lógica de argumentação: analogias, inferências, deduções e conclusões. 11 Lógica sentencial (ou proposicional). 11.1 Proposições simples e compostas. 11.2 Tabelas-verdade. 11.3 Equivalências. 11.4 Leis de De Morgan. 11.5 Diagramas lógicos. 12 Lógica de primeira ordem. 13 Operações com conjuntos. 14 Raciocínio lógico envolvendo problemas aritméticos, geométricos e matriciais. II PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA: 1 Conceitos fundamentais: diferença entre probabilidade e estatística, evento, espaço amostral e probabilidade de um evento, variável aleatória discreta e contínua. 2 Estatística descritiva: medidas de tendência central (média, mediana e moda); medidas de dispersão: variância e desvio padrão. Histograma e gráficos de dispersão. 3 Probabilidade. 3.1 Definições básicas e axiomas. 3.2 Leis dos grandes números. 3.3 Teorema do limite central. 3.4 Probabilidade condicional, independência e Teorema de Bayes. 3.5 Amostragem aleatória simples, estimadores de média amostral e proporção amostral, intervalos de confiança para estimativas populacionais. 3.6 Função de probabilidade e densidade de probabilidade. 3.7 Esperança e momentos. 3.8 Covariância e coeficiente de correlação. 3.9 Distribuições de probabilidade discretas: Bernoulli, binomial, geométrica e Poisson. 3.10 Distribuições de probabilidade contínuas: uniforme, normal (Gaussiana), exponencial, quiquadrado, t e F (utilização da tabela Z para cálculos de probabilidade). 4 Inferência estatística. 4.1 Intervalo de confiança e teste de hipóteses. 4.2 Hipóteses simples e compostas, níveis de significância e potência de um teste, teste t de Student, teste qui-quadrado. 4.3 Tipos de erro.

Veja também:   Como antecipar o saque do FGTS? Aprenda como acessar rapidamente

Cronograma de atividades

Edital ANA publicado com 40 vagas iniciais

2024: a única meta é ser aprovado

Todo início de ano é a mesma coisa: você traça planos e metas para o novo ciclo que está por se iniciar.

Mas 2024 vai ser diferente.

Após um 2023 para lá de generoso, o novo ano promete ofertar um número de editais e vagas poucas vezes visto na história do mundo dos concursos.

O melhor ano da última década merece um material excelente, sem falhas e sem enrolação. É hora de iniciar 2024 de verdade. Não adianta nada termos milhares de oportunidades e você não aproveitar nenhuma.