sintepe 2

Fotos: Alejandro García / Farol

Os professores que lecionam na Rede Estadual de Ensino (REE) de Serra Talhada se reuniram nessa quarta-feira (8), na Escola Solidônio Leite, e decidiram que irão partir para o confronto com o governo do Estado e não descartam a possibilidade de greve por tempo indeterminado.

A assembleia foi coordenada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe). Os professores estão parados há dois dias e nesta sexta-feira (10) vai acontecer uma nova assembleia para decidir pela paralisação total dos serviços.

“O governo está inflexível com as reivindicações da categoria. Se não houver acordo vamos partir para greve geral. Não tem outro caminho”, disse o professor Miguel Leonardo, que aproveitou para criticar a postura do governador Paulo Câmara.

“A proposta apresentada não beneficia toda a categoria. Apenas um pequeno grupo de professores do Magistério. Queremos o piso salarial com reajuste de 13,01% para todos os professores”, disse Leonardo.

sintepe 3

Veja também:   Ladrões são presos durante arrombamento a comércio em ST