humberto costaO PT encomendou ao Ministério do Planejamento um inventário das obras federais para municiar sua bancada no Senado para eventuais embates na pré-campanha envolvendo a ‘paternidade’ de investimentos pelo país. O pedido à pasta foi feito pelo líder do partido no Senado, Humberto Costa (PT-PE), que quer que os 13 senadores petistas não deixem passar sem resposta nenhum governo estadual ou municipal que faça propaganda de obras federais como sendo das administrações locais.

‘A ideia é municiar com informações para fazermos os debates políticos aqui [no Senado]’, disse Costa à Folha. O PT sabe que esse tipo de embate irá se intensificar neste ano eleitoral. Um dos principais ‘alvos’ é o governador Eduardo Campos (PSB-PE), que deve enfrentar Dilma nas eleições presidenciais.

Veja também:   Teresa Leitão se isola na liderança com 20%

No início de 2013, por exemplo, quando esteve em Pernambuco, a presidente e a ministra Miriam Belchior (Planejamento) assumiram a ‘maternidade’ de obras locais e prestaram contas do que foi investido no Estado com verbas federais.

Nesta semana, o ataque partiu de Campos. O governo de PE paralisou a dragagem de um rio do Recife e responsabilizou a falta de repasses de verbas federais. O Ministério das Cidades negou atraso nos repasses. Humberto disse que a relação de obras deve ficar pronta até a próxima semana.

(Folha de São Paulo )

Veja também:   Sebastião diz que pode entrar na disputa pelo Senado