POSTURA: Deputados reagem contra retaliação do governo Dilma; petistas se calamDiante de uma bancada petista quase silenciosa, na Assembleia Legislativa, a base aliada do governador Eduardo Campos (PSB) e a oposição juntaram esforços, ontem, para emplacar o discurso de que Pernambuco está sendo retaliado politicamente pela presidente Dilma Rousseff (PT). As queixas foram levantadas após mudanças no projeto do Canal do Sertão, que antes levaria água para 15 municípios do interior sertanejo e agora só beneficiará quatro.

O porta-voz das críticas foi o deputado Raimundo Pimentel (PSB), que acusou o governo federal de alterar o projeto apresentado pelo PAC 2 durante o processo de exoneração do ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra. O discurso de Pimentel indica como pode ser o clima de recepção à presidente Dilma no Estado, prevista, segundo ele, para o fim deste mês.

Veja também:   Deputado votado em ST fica contra os professores

Pimentel chegou à tribuna municiado de informações. No início, disse não saber de quem era a responsabilidade pela mudança na proposta do Canal do Sertão, que vai prejudicar especialmente o Sertão do Araripe. Mas frisou que a alteração podia ser culpa de “tecnocatras” do Ministério da Integração.

(Diário de Pernambuco)