Foto: Farol de Notícias/Celso Augusto

Publicado às 15h32 deste domingo (27)

A TV FAROL entrevistou neste sábado (26) o empresário Faeca Melo sobre os últimos movimentos da política local, com a adesão do vereador governista André Maio à candidatura do deputado Sebastião Oliveira, uma análise da atual gestão Márcia Conrado e os planos da oposição para 2024. Faeca foi secretário no governo do ex-prefeito Luciano Duque e, atualmente, é assessor de ‘Sebá’, líder da oposição em Serra Talhada. Dentre uma das projeções levantadas por Faeca, chamou a atenção o fato dele dizer que se ouve, nos bastidores, a possibilidade de uma disputa Duque versus Márcia.

“Vamos ver quem vai ser o candidato a prefeito de lá [do governo para 2024], porque Luciano de repente pode vir também [disputar contra Márcia]. Ele pode vir, é um direito dele. Ele [Duque] fez uma boa gestão, não estou dizendo que ele será o candidato, mas as conversas e conversas existem. Por exemplo, Geni foi prefeito e saiu candidato, Carlos Evandro não saiu porque foi impedido, mas tem vontade. Tião foi candidato três vezes. E assim vai, pô. Quem fez uma boa gestão e saiu da política, ele tem a vontade de voltar de novo, aí quem tem que votar e agradecer é povo de Serra Talhada, quem tem que analisar é o povo”, disparou Faeca.

NOTA 6,5 PARA MÁRCIA

Indagado sobre que nota avalia o primeiro ano da prefeita Márcia Conrado, Faeca sapecou: “Dou nota 6,5… Passou na média né. Ela só está com 1 ano e 4 meses ainda. Se eu for fazer crítica construtiva, a Prefeitura tem que trabalhar muito para ajeitar Serra Talhada, porque hoje se está desejando fazer muitas e muitas coisas, principalmente nas ruas. As ruas de Serra Talhada estão intransitáveis. Precisa melhorar [a gestão] na STTRans, na Saúde, na Educação, Governo, Cultura, Esportes… Falar das 15 secretarias e 4 autarquias. Tem que melhorar, gente. Gestão é gestão, se não melhorar o povo fala”.

Veja também:   Secretário esclarece polêmica em torno de praça em Serra Talhada

RECADO A BABÕES E FUXIQUEIROS 

“Tem que gente que não tem o que fazer da vida e fica levando fuxico para um canto e para outro, num leva e trás danado, e aí chega no ouvido de Sebastião uma coisa, na de Márcia outra e no de Luciano outra… Gente, quando vocês quiserem saber de alguma coisa me procurem, meu escritório é na Rua 15. Quando eu tenho que falar eu não vou alugar uma casa para falar lá dentro não, eu digo é no meio da rua. O que me incomodam são as mentiras que levam. Os fuxiqueiro e tiradores de serviço quando quiserem falar, me procurem… E tem mais [fuxiqueiro] no governo, tudo é doido, ave Maria… Nem se compara”, ironizou.

VOTAÇÃO DE SEBASTIÃO

“Eu acho que Sebastião supera a casa dos 16, 17, 18 mil votos em Serra Talhada. Vai ter mais voto que na última eleição. Aí você pergunta, por quê? O povo de Serra Talhada sabe agradecer na hora certa. Sebastião agora é oposição de Márcia e está mandando quase R$ 17 milhões para cá. O problema é esse [do governo Márcia não reconhecer publicamente]. E aí é onde eu posso criticar o governo [Márcia Conrado] deveria falar isso na mídia também. O dinheiro está todo empenhado”, alertou Faeca Melo.

FOGO AMIGO EM LUCIANO DUQUE 

“Dentro do governo Márcia tem muitos criticando Luciano [Duque]. Mas não quero entrar nesse mérito porque não faço parte da gestão. Agora, que o próprio Luciano Duque esteve aqui [no Farol] insatisfeitos com os fuxicos lá dentro… Tem aqueles fogo de monturo que não ajuda e fica só atrapalhando. A gente sabe né nos bastidores que tem não sei quantas pessoas querendo ser vice dela [de Márcia em 2024]”, cogitou. Confira a entrevista completa no vídeo abaixo.

Veja também:   Sebastião anuncia grade do 'Arraiá da Juventude' e 'turbina' São João em ST

ENTREVISTA POLÊMICA COM FAECA MELO NA TV FAROL