Empresário “sumido” por 2 dias foi orar: “Pensei que seria rápido”
Foto: Reprodução/Corpo de Bombeiros

Por Metrópoles

O empresário Altair Moreira da Silva Monteiro, de 36 anos, que passou dois dias desaparecido no Morro de Santo Antônio, em Cuiabá, disse que a intenção inicial ao subir no local, no último dia 17 de fevereiro, era fazer uma “peregrinação pela fé”.

Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e afirma que apenas se arrepende de não ter avisado antes. Altair nega, ainda, que a ida ao morro seja relacionada a alguma tentativa de suicídio.

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol pelo Instagram (clique aqui)

Empresário resolveu ir sozinho

Em conversa com o RD News, Altair afirmou que é de igreja evangélica e está acostumado a fazer as peregrinações, no entanto, sempre foi acompanhando e avisava a família. No domingo, ele conta que “ouviu o chamado do coração” e resolveu ir sozinho. O celular estava descarregado e ele acabou não avisando a família.

Veja também:   ST terá 5 representantes em campeonato de judô

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão (clique aqui)