Escolas investem em projetos de leitura em ST

Da Assessoria

A Secretaria de Educação de Serra Talhada, através do Programa Alfabetizar com Sucesso (PAS), realizou a 2ª edição do Projeto Litera Serra, “Programa Incentivo do Saber: Ler para Produzir, Produzir para Descobrir, e Descobrir para Experimentar”, que tem como objetivo incentivar a leitura e a produção textual dos estudantes do Ensino Fundamental I, da Rede Municipal de Ensino.

A culminância do projeto aconteceu na última sexta-feira (06.12), no Ginásio Egídio Torres de Carvalho. Na ocasião 06 escolas participantes apresentaram as temáticas literárias e gêneros textuais trabalhados em sala de aula com os alunos, e em seguida houve visitação aos stands montados no local. As escolas trabalharam gêneros textuais como poema, receita culinária, contos, fábulas, carta, quadrinhas e literatura de cordel.

Veja também:   Inflação é obstáculo à reeleição de Bolsonaro e acende alerta no Planalto

Participaram da culminância do projeto as seguintes escolas: Colégio Cônego Torres, Escola Antônio Medeiros, Escola Fausto Pereira, Escola João Pereira dos Santos, Escola O Pequeno Mandacaru, Escola Carmélia Ignácio de Mello, Escola José Rufino Alves, Escola Maria José de Sá Ferraz, Escola Zuleide Feitosa de Carvalho, Escola Nossa Senhora da Penha e Escola Tancredo de Almeida Neves.

A secretária de Educação, Marta Cristina, parabenizou as escolas pelo desempenho na vivência do projeto. “Nossas escolas estão de parabéns pela maneira como vivenciaram a segunda edição do Litera Serra, trabalhando durante o ano diversos gêneros textuais e incentivando a prática da leitura junto aos alunos do ensino fundamental, dentro do Programa Alfabetizar com Sucesso. As escolas se empenharam mais uma vez e trouxeram belíssimas apresentações e estandes para o Ginásio Egídio Torres, momento de culminância do projeto. Aos nossos professores muita gratidão pela dedicação; e aos nossos pequenos, estamos orgulhosos”, disse.

Veja também:   LAVA JATO: Eduardo Cunha usava email 'sacocheio@' para operar propinas

Escolas investem em projetos de leitura em ST Escolas investem em projetos de leitura em ST Escolas investem em projetos de leitura em ST Escolas investem em projetos de leitura em ST Escolas investem em projetos de leitura em ST Escolas investem em projetos de leitura em ST Escolas investem em projetos de leitura em ST