No próximo sábado, 6 de abril, termina o prazo para desincompatibilização dos que detém cargos de confiança no governo Márcia Conrado. Ou seja, secretários e diretores que vão disputar as eleições de outubro próximo, deverão entregar as pastas.

Já existe, por outro lado, uma grande expectativa para que seja selado um acordo já feito, em Recife, entre a prefeita e o ex-deputado Sebastião Oliveira, que marcharão juntos nestas eleições, dando combate ao grupo do deputado Luciano Duque.

Receba as manchetes do Farol em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Mas nos bastidores também há um outro frenesi. Alguns aliados de Sebastião Oliveira, que não disputarão qualquer cargo, sonham em ingressar e contribuir com o governo do PT.

Veja também:   Ciclistas de ST viajam mais de 2 mil quilômetros

“Em se concretizando a aliança, como tudo indica, é natural que algumas pessoas competentes possam ajudar assumindo pastas no governo. Ninguém está negociando isso, mas não é nada de outro mundo, caso isso aconteça”, disse um liderado de Oliveira, pedindo reservas.