Estaduais conhecem campeões neste final de semana; confira

Nino e Pedro disputam a bola durante primeiro jogo da final do Carioca – Foto: Mailson Santana/Fluminense FC

Por Folha Pe

 

Enquanto o Campeonato Pernambucano conhece o segundo finalista neste sábado, com o confronto entre Retrô e Salgueiro, nos outros principais estaduais do Brasil veremos milhões de torcedores soltarem o grito de ‘campeão’. No Ceará, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo há clubes que entram em campo com vantagem pelo caneco. No Rio Grande do SulGrêmio e Caxias chegam ao encontro decisivo em pé de igualdade.

Veja também:   Ônibus escolar irregular é retido pela PRF

No Centenário, semana passada, Grená e Tricolor ficaram no 1×1, no confronto de ida. Agora, quem vencer no tempo regulamentar, na Arena do Grêmio, fica com a taça. Em caso de novo empate, o campeão será conhecido nos pênaltis. O clube da capital busca o hexacampeonato. Já o Caxias tenta o segundo título, 23 anos depois da conquista inédita em 2000. A bola rola às 16h30 deste sábado.

Após vencer o rival por 2×1 no primeiro jogo, o Fortaleza tem a faca e o queijo nas mãos para celebrar outros feitos além do título, a partir das 16h deste sábado no Castelão. Caso fique com o caneco, o Leão do Pici ultrapassará o Ceará no número de cearenses – atualmente cada um tem 45. Ademais, o Tricolor pode igualar o pentacampeonato conseguido pelo Alvinegro entre 1915 e 1919.

Veja também:   Homem morre após ficar preso em estátua de dinossauro

Dos favoritos, o Palmeiras é quem tem a missão mais complicada. Às 16h deste domingo, no Allianz Parque, o Verdão terá que reverter a vantagem construída pelo Água Santa para levantar o troféu. Na Arena Barueri, o time de Diadema bateu o Alviverde por 2×1.

No Mineirão, o Atlético vai tentar manter a vantagem adquirida perante o América, no Independência. Semana passada, o Galo venceu o Coelho por 3×2. Às 16h30 deste domingo, precisa de um empate simples para ficar com o tetra consecutivo.

Já no Rio de Janeiro, às 18h deste domingo, o Fluminense terá que correr atrás do prejuízo para não ver o maior rival, Flamengo, ser campeão do Carioca. Semana passada, também no Maracanã, o Rubro-negro bateu o Tricolor por 2×0, e pode perder por até um gol de diferença que ficará com a taça.

Veja também:   Príncipe Philip deixa herança para os funcionários e livros para os filhos