pastorUm falso pastor foi preso na quinta-feira (22) em Manaus após invadir e assaltar uma drogaria na Zona Norte de Manaus. De acordo com polícia, o suspeito chegou a simular uma “pregação” antes de anunciar o crime. Um comparsa que dava suporte à ação foi preso. O último crime praticado pelos suspeitos, segundo a polícia, ocorreu na quarta-feira (20). Eles assaltaram uma drogaria situada em frente ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

A delegada do 6º DIP, Marina Miranda, informou que o suspeito vestia paletó e gravata, e usava uma bíblia durante o roubo. De acordo com a polícia, ele se fingia de pastor para evitar suspeitas. Imagens gravadas pelas câmeras de segurança do estabelecimento mostram o momento da chegada do assaltante às 15h09 de quarta. Dentro da drogaria, o ladrão circula entre as prateleiras com a bíblia na mão.

Com suspeito, policiais também recolheram bíblia usada em assalto (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)
Com suspeito, policiais também recolheram bíblia usada em assalto (Foto: Reprodução/Rede Amazônica)

Em seguida, o falso pastor foi até o caixa e pediu a renda do local. O vídeo mostra que alguns clientes percebem o assalto e tentam sair do local, mas o assaltante corre com arma na mão e impede a saída deles e recolhe celulares das vítimas. Na saída da drogaria, ele ainda toma o celular de outra cliente. “Ele entrou na drogaria trajando a vestimenta [de pastor], com a bíblia na mão, se aproximou de uma das funcionária e começou, de fato, a pregar e, logo em seguida, apontou a arma de fogo”, informou a delegada.

Veja também:   A história do antigo açude no Centro de Serra Talhada

Após a polícia ser acionada, os suspeitos foram presos no Parque Riachuelo, na Zona Oeste de Manaus. A delegada afirmou que já tem passagem pela polícia. O suposto comparsa do falso pastor estava com uma tornozeleira eletrônica. “Os dois têm uma lista extensa crimes, com processos criminais”, disse.

Eles devem ser levados para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro da capital.

Do G1