Publicado às 05h47 desta quarta-feira (9)

Depois do reencontro entre mãe e filho após 25 anos (relembre aqui), Maria Claudiane Barboza de Lima, 20 anos, moradora do distrito de Bom Nome, em São José do Belmonte, Sertão Central, entrou em contato com o Farol e pediu ajuda para encontrar sua tia que não dá notícias há 30 anos.

Segundo Claudiane, seu pai Raimundo Barboza de Lima, seus tios Luiz Barboza de Lima e Roberto Barboza de Lima e sua tia Maria do Socorro Barboza de Lima (foto acima) têm o sonho de reencontrar a irmã Maria de Lurdes Barboza de Lima que fugiu há 30 anos e nunca mais voltou.

Já são três décadas sem notícias e os irmãos queriam revê-la.

“Meu pai me contou que na época ela conheceu um rapaz e meu avô não queria que eles namorassem e ela foi embora com ele sem mandar notícias até hoje. Isso está com mais de 30 anos, meu pai não lembra muito bem o ano que isso aconteceu”, explica Claudiane.

No ano que Maria de Lurdes Barboza de Lima fugiu de casa a família morava no Sítio Inveja em Belmonte, atualmente os irmãos moram em Bom Nome, distrito de Belmonte. Filhos de Alzira Maria da Conceição e Cícero Miguel Barboza de Lima já falecidos, sonham em reencontrar sua irmã e saber como ela está.

Qualquer informação acionar o telefone  87 98844-1651

 

 

Veja também:   Mais um petista serra-talhadense está com Marília