Publicado às 10h18 deste sábado (15)

Por Saminina Comunicação

As empresas tiveram que se reinventar durante o período de pandemia, o que fez com o que o serviço de delivery e comércio eletrônico aumentassem consideravelmente. Isso não está sendo diferente com as farmácias que – segundo dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) – movimentaram R$ 718,77 milhões entre janeiro e junho de 2020. O valor é 106,49% maior do que o registrado no mesmo período, em 2019. Os grandes impulsionadores desse resultado de vendas on-line são os genéricos e os medicamentos isentos de prescrição médica.

“As vendas aumentaram bastante, principalmente nas categorias de alimentos, suplementação alimentar, nutricionais e, especialmente, produtos voltados para aumento de imunidade – como vitaminas, polivitamínicos, e outros para complementação alimentar. Sem dúvidas, esses produtos são responsáveis por grande parte desse aumento de faturamento”, ressalta Anderson Barros, diretor administrativo do Grupo ABS Farma, que distribui medicamentos e produtos farmacêuticos para todo o Nordeste do Brasil.

O faturamento geral do varejo farmacêutico cresceu 7,74% no período, e o número de unidades vendidas pelos canais on-line quase dobrou, passando de 14,62 milhões para 25,86 milhões – um acréscimo de 76,86%. “Os estabelecimentos tiveram que despertar para esse tipo de negócio. Foi uma questão de sobrevivência e, com isso, foi descoberto um novo canal de acesso aos clientes. Isso vai fazer com que as farmácias fomentem isso cada vez mais”, pontua Anderson.

O volume de atendimentos subiu de 2,78 milhões para 4,98 milhões, enquanto o tíquete médio avançou de R$ 124,75 para R$ 140,30. “A necessidade de cumprir a quarentena agilizou a adaptação a esse novo modelo e ainda atraiu novos clientes para o e-commerce”, avalia Sergio Mena Barreto, CEO da Abrafarma, em entrevista ao site da revista Veja.

O Grupo ABS Farma está localizado na cidade de Serra Talhada, Sertão de Pernambuco, e tem visto a necessidade das farmácias em todo o Nordeste. “Esse crescimento é real, e estamos podendo observar isso em nossos clientes. O Grupo ABS está sempre procurando atender essas demandas, para que o produto sempre esteja disponível para o consumidor”, encerra Anderson Barros. É possível conhecer mais sobre o Grupo ABS através do site www.grupoabsfarma.com.br.