Feirantes amargam grandes prejuízos após incêndio em ST

Fotos: Farol de Notícias / Reprodução: Corpo de Bombeiros

Com informações de Renan Freire – repórter da TV Farol

Publicado às 13h desta sexta-feira (4)

Após o grave incêndio ocorrido na noite desta quinta-feira (3) no Pátio da Feira Livre de Serra Talhada, o 3° Grupamento do Corpo de Bombeiros emitiu um balanço inicial dos prejuízos causados pelas chamas. Ainda sem uma definição do que poderia ter provocado o acidente, a guarnição informou que fogo atingiu nove barracas de feirantes, e duas tiveram perda total. Muitas dessas bancas são feitas com estruturas de madeira, cobertas com lonas de plástico e repletas de produtos de fácil combustão.

Veja também:   Flores reforça ações e investimentos em distrito

Os bombeiros também detalharam que tiveram dificuldade de acessar a área da feira devido as grades de proteção, mas realizaram a contenção das chamas com o suporte de duas equipes em cerca de meia hora de combate ao fogo. Em seguida, a Guarda Municipal e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (que é responsável para gestão do Mercado Público e o Pátio da Feira) assumiu a situação.

INCÊNDIOS FREQUENTES

A reportagem da TV Farol esteve no local na manhã desta sexta-feira (4) para registrar os estrados deixados pelo acidente e tentou conversar com alguns feirantes vítimas de mais um incêndio no centro de comércio popular. Apesar dos transtornos, o dia de trabalho prosseguiu normalmente para muitos trabalhadores.

Veja também:   PROMESSA: Durante entrevista, Sebastião Oliveira diz que vai recuperar a BR-232

De acordo com um dos feirantes, que pede para não ser identificado por medo de retaliações, os feirantes acreditam que o fogo foi causado por mais um curto circuito na rede elétrica que encontra-se totalmente deteriorada e irregular. Detalhando os estragos deixados, os feirantes sequer souberam mensurar o valor estimado em prejuízos.

“O que pode ser mais foi um curto circuito, porque aqui tem muita gambiarra nessa feira. Quando a prefeitura vem diz que é gambiarra, mas só que já houve incêndio aqui, só que não tomaram nenhuma providência e continua do mesmo jeito aqui. Inclusive, eles viram ali um ‘tê’ que queimou a parte da geladeira, queimou a parte da televisão com a quentura. Ali era um plástico preto e derreteu com o mormaço, a geladeira, a televisão, a banca aqui do lado. E teve perda total, tem que fazer tudo de novo”, relatou o serra-talhadense.

Veja também:   Criança de seis anos morre afogada em cisterna

Feirantes amargam grandes prejuízos após incêndio em STFeirantes amargam grandes prejuízos após incêndio em ST

Feirantes amargam grandes prejuízos após incêndio em ST Feirantes amargam grandes prejuízos após incêndio em ST Feirantes amargam grandes prejuízos após incêndio em ST