Nesta sexta, estreamos com entrevista exclusiva com os talentosos músicos serratalhadenses, Kkzinho Barros e Andrezinho, que estão ganhando fãs a cada dia nas noites de Serra Talhada. Nesta entrevista, eles falam sobre sua trajetória, o cenário da música em Serra Talhada, entre outros projetos. A dupla registrou, também, os principais sucessos que não podem faltar nas suas apresentações. Confira ainda a programação para o fim de semana. 

???????????????????????????????

ENTREVISTA – KKZINHO BARROS E ANDREZINHO

FAROL: Bom dia, Kaká e André, nós gostaríamos de começar essa entrevista falando um pouco sobre a trajetória da carreira de vocês. Como vocês entraram na música?

 Kakázinho: A música já está no nosso sangue por conta que nossa família tem muitos músicos. Quando morávamos em Recife, eu tinha 14 anos e André 12, entramos em um grupo o Swing do Samba. André começou tocando violão e depois passou para o cavaquinho, eu iniciei tocando reco-reco e cantando. Meu pai foi transferido para trabalhar no Crato, ele trabalhava na rede ferroviária, e nós viemos morar em Serra Talhada. Montamos um grupo de pagode na estação chamado Estassamba, isso foi em 2004.

Foi dando certo, até que gente foi tocar na banda Bagunsamba, que já era uma banda de nome e renome aqui em Serra Talhada. Depois montamos a Q’swing Massa, e nessa banda foi onde as portas se abriram mais para nós na música. Tive o privilégio de cantar com Márcio Vitor da banda Psirico, tive oportunidade de tirar foto com Péricles, conhecer muita gente boa. O cantor de Trem de Pouso, que é o ex-Timbalada, tivemos esses momentos bons da banda Q’swing Massa.

FAROL: Como surgiu a ideia de montar esse projeto acústico, voltado para a voz e violão típica dos bares de Serra Talhada e região?

Veja também:   Sargento da PM coordena projeto solidário em ST

Andrézinho: Nós fomos criados escutando músicas boas, música de qualidade, MPB, Djavan. Meu pai sempre gostou de escutar músicas boas, um João Bosco. Nisso nós vínhamos tocando nesse lance de swingueira, mas sempre em casa escutando e tinha muita vontade de estar nesse lance de MPB, de fazer barzinho.

Somos um tipo de dupla que faz barzinho que se adequa a cada ambiente. Temos repertório para fazer barzinho, para fazer casamento, batizado, show de swingueira e graças a Deus está dando certo. Agora estamos amadurecendo esse projeto e graças a Deus está sendo bem aceito, tomara que dê certo.

FAROL: A musica no Brasil tem fortalecido bastante o sertanejo, e em Serra não é diferente. Vocês são um dos poucos que não estão intimamente ligados à onda do sertanejo universitário, como vocês encaram o trabalho de nadar contra a corrente?

 Kakázinho: Na exploração do sertanejo universitário, a gente também está sendo explorado por ele. Por ter amadurecido na música, nós não temos preconceito com estilo musical, curtimos tudo, escutamos tudo e se você quiser escutar uma música, se a gente não souber cantar, na outra semana com certeza vai estar no repertório. A gente que faz barzinho está indo tocar para o público, a gente tem que tocar o que o povo quer ouvir.

FAROL: E qual é a preferência de estilo musical para vocês?

Kakázinho: A minha preferência é tocar MPB e Samba.

Andrézinho: A minha preferência é tocar João Bosco, que ele é uma escola para quem é violonista.

 

PROGRAMAÇÃO PARA O FIM DE SEMANA

 Sexta-feira (10)

Bodega– Sexta de Ouro na Bodega da AABB: Medalha de Ouro e Nailton Gomes, a partir das 22h.

Veja também:   Previsão do tempo para as noites de São João em ST

Vaqueiramas Forneria: Walter Jr. a partir das 22h.

Soparia Lampião Aceso: Kkzinho Barros e Andrézinho, às 21h.

Rangu’s Bar: Brenda Carvalho, às 21h.

 

Sábado (11)

Nailton– Vaqueiramas Forneria: Nailton Gomes, a partir das 16h.

Rangu’s Bar: Forró pé-de-serra com Xote Mania, às 21h.

Soparia Lampião Aceso: Walter Jr. a partir das 22h

Boteco do Kleitinho: Kkzinho Barros e Andrézinho, às 21h.

Domingo (12)

– Almoço no Pátio da Feira: Rai de Serra, às 12h.

– Almoço no  Vaqueiramas Forneria: Forró pé-de-serra com Walter Jr. e banda, a partir das 16h.

Rangu’s Bar: Ítala Carvalho, às 21h.

 

Segunda sem Lei (13)

logo - segunda feira sem lei

 

– Bar do Rivaldo: Nailton Gomes, a partir das 21h.