O deputado federal Inocêncio Oliveira (PR) corre sério risco de perder a sua eterna vaga na mesa diretora da Câmara dos Deputados. Quem especula é a gabaritada Sheilla Borges, na coluna Pinga Fogo do JC deste domingo (13). Segundo a jornalista, o nobre cacique serratalhadense pode ser substituído por Maurício Quintela, do PR de Alagoas. Com a perda do cargo, Inocêncio deve despedir-se do afável apelido, doado pela imprensa, de “deputado guardanapo” – por querer estar sempre à mesa.

Atualmente, o republicano ocupa a 3º secretaria, e faz gestão para emplacar a 4ª. Em novembro, o cacique fez questão em alertar que quem indica o cargo é o partido, e que a legenda já teria sinalizado em apoiá-lo. Mas, depois da “ameaça” de Quintela, as coisas poderão mudar, ficando sombrias para o lado do inexorável ‘azulão’.

“Tenho a quase unanimidade do partido e serei eleito tranquilamente, porque tenho trânsito na Casa, liderança e serviços prestados, sendo um dos parlamentares mais assíduos do Congresso, sempre figurando na lista dos mais atuantes”, gabou-se o cacique, sem disfarçar a vaidade, durante conversa com o blogueiro Magno Martins, em novembro.

Veja também:   Diante graves assassinatos, Paulo Câmara veio a ST em clima de festa