Nas primeira horas da manhã deste sábado (26) uma densa nuvem de fumaça tomou conta de parte da PE-418 e  do conjunto residencial Vila Bela, às margens da BR-232. O alerta foi dado pelo ambientalista Bonzinho Magalhães, que percebeu que a poluição vinha do lixão localizado as margens da PE-390, a quatro quilômetros de Serra Talhada.

“Aquele lixão mais parece um vulcão prestes a entrar em erupção. Hoje, estamos vivendo com algo parecido com o que ocorre na China. Isto vai afetar a saúde das pessoas em função da baixa umidade do ar”, revelou o ambientalista, em conversa com o FAROL. Segundo ele, a situação é de risco e a sociedade civil precisa cobrar dos governantes uma atitude para que o pior não aconteça.

“A sorte era que o vento não estava empurrando a fumaça para o centro de Serra Talhada, mas isto pode acontecer”, declarou Bonzinho Magalhães. A Prefeitura chegou a anunciar o fechamento do lixão, mas nenhuma atitude foi tomada. As fotos são de Anacleto Reis (Foto Reis).

Veja também:   Gerente de lanchonete admite ter urinado em milkshakes