Publicado às 14h44 desta segunda-feira (17)

O governo de Pernambuco, através da Secretaria de Transportes, começou a recuperação do trecho da PE-414, que liga Serra Talhada ao distrito de Santa Rita e ao estado da Paraíba. Parte da rodovia foi derrubada por fortes chuvas que caíram no mês de abril, em função de uma barragem que rompeu e levou o asfalto.

Neste intervalo, o governo construiu um desvio para não interromper o ir e vir. Entretanto, o rompimento da pista também foi mote para uma disputa eleitoral. Na época, vereadores governistas tentaram, na Câmara, responsabilizar o governo Paulo Câmara e o secretário Sebastião Oliveira, mas o secretário rebateu os críticos:

“A estrada não rompeu por erro de engenharia do DER. Ela suportava absolutamente toda a capacidade de vazão de água, que existia na barragem da Batalha, agora, anterior à essa barragem, uma propriedade de um particular de Serra Talhada rompe e leva água e daí leva a estrada embora. Então, qual a responsabilidade que o governo do Estado tem? Nenhuma”, disse ‘Sebá’, durante entrevista no mês de junho.

COMEMORAÇÃO

Passado a fase de licitação da obra, a empresa Esse Engenharia já montou o canteiro de obras e em até três meses, a rodovia voltará ao normal. Sebastião Oliveira comemorou.

O Farol apurou que será colocado um bueiro de concreto celular duplo, 2 por 2 de altura, mas o prazo de conclusão da obra, pode ser antecipado. O custo da obra é de R$ 287.489, 70.

“Não ficamos alheios ao problema em nenhum momento, mas as questões burocráticas acabam atrasando as coisas. Em breve, a comunidade vai estar utilizando a rodovia normalmente”, disse Oliveira.