Governo pede paciência aos policiais civis

Foto: Reprodução/ Folha de Pernambuco

Por Folha de Pernambuco

A diretoria do Sindicato dos Policiais Civils de Pernambuco (Sinpol-PE) marcou presença no lançamento do programa Juntos Pela Segurança, do Governo de Pernambuco. O evento aconteceu na tarde desta segunda-feira (31), no Teatro Guararapes.

Com faixas e cartazes evidenciando a falta de segurança e de valorização da categoria o Sinpol esteve no evento para, entre outras ações, cobrar respostas.

O presidente do Sinpol, Rafael Cavalcanti, levou para o ato a Carta Compromisso assinada por Raquel durante a campanha eleitoral.

Veja também:   Ativista é condenado à prisão por ter ajudado 200 imigrantes

“É fundamental que a gente possa ter investimentos adequados na segurança pública e a governadora se comprometeu, ainda quando era candidata, a mudar a curva da falta de investimentos que Pernambuco vem sofrendo. É preciso investir em segurança pública, em estrutura, contratação de pessoal e valorização do efetivo, que aqui em Pernambuco é o mais massacrado salarialmente, com a maior defasagem, mas que faz tanto. Esses policiais estão adoecendo, estão  mal remunerados e trabalhando em locais completamente inadequados. Tá na hora de Pernambuco ter segurança pública como prioridade”, ressaltou.

Veja também:   No último fim de semana de 2018 tem festa em ST e região

Na chegada de Raquel Lyra ao local do evento, o presidente a cumprimentou questionando sobre a valorização dos agentes da Polícia Civil e também sobre a campanha salarial.

“Rafael, eu não esqueci de vocês. Só peço mais um pouco de paciência, pois a valorização irá sair”, garantiu Raquel.

Os agentes de segurança denunciam algumas das precárias condições em que realizam o seu trabalho diariamente. Consultas com psiquiatra, delegacias com estruturas precárias, salários sem reajustes e efetivo reduzido são os principais alertas.